Antes da partida começar, Mano já pensava em recuar o time todo

Antes da partida começar, Mano já pensava em recuar o time todo

Por Meu Timão

Mano optou por fechar o time contra o Atlético-MG

Mano optou por fechar o time contra o Atlético-MG

Durante a semana, Mano já havia dado indícios da retranca contra o Atlético-MG. Com a vantagem de 2 gols, a estratégia provou que a covardia pode custar caro a quem evita buscar o jogo.

Nas coletivas que antecederam a partida, o treinador deixou claro que a postura do Corinthians no Mineirão não seria ofensiva. E foi mesmo o que se viu: isolado, Guerrero pouco pode ajudar o time.

A falta de ofensividade criou um problema tático: sem prender a bola no ataque, o time ficou vulnerável e tomou inacreditáveis 4 gols. Quando o placar ainda estava 1x1, o goleiro Cássio havia observado isso para o técnico.

O Corinthians que saiu em vantagem no placar, talvez não fizesse nem isso. Na coletiva, quando perguntado sobre a importância de marcar gol na casa do adversário, Mano Menezes interrompeu o repórter com um sorriso: "Ou não tomar".

O treinador chegou a comparar a partida com o jogo contra o Cruzeiro, no mesmo Mineirão, quando o Corinthians se fechou e trabalhou no contra-ataque. Para ele, o time não podia entrar em campo esquecendo-se do placar conquistado em casa e citou nominalmente a atenção com o jogador Guilherme, que de fato, foi autor de 2 gols dos 4 marcado pelo Atlético-MG.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes