Corinthians faz a trinca e vence o Santos na Arena

Corinthians Corinthians 1 x 0 Santos Santos

Brasileirão 2014

Corinthians faz a trinca e vence o Santos na Arena

Por Meu Timão

Para variar, Guerrero marcou em um jogo importante para o Timão

Para variar, Guerrero marcou em um jogo importante para o Timão

Foto: Divulgação

Como toda a massa alvinegra esperava, o Coringão fez a trinca. Palmeiras, São Paulo e Santos sabem a pressão que é atuar na Arena e sabem como é difícil sair de lá com outro resultado que não seja uma senhora derrota.

Na partida deste domingo, que muito valia para nós e pouco para eles, o Timão não deu mole para o azar e, com seu maior artilheiro, Guerrero, o alvinegro de Parque São Jorge foi fulminante.

Logo aos 7 minutos, Renato Augusto roubou a bola do zagueiro Bruno Uvini e rolou....Guerrero, sempre frio e matador, só empurrou para as redes. E a partir de então, o jogo não mudou. Um Santos medroso que, em todo o primeiro tempo, mal ameaçou Cássio e um Corinthians pressionando e buscando marcar mais gols.

O primeiro tempo se desenrolou nessa mesma toada e o Corinthians ainda perdeu um gol com o menino Malcom. Contudo, o Timão foi soberano e conseguiu vencer bem o primeiro tempo, mantendo mais a posse de bola e criando boas chances de gol.

O Segundo Tempo e a Pressão Contínua

O jogo voltou com poucas mudanças. O Santos colocou seu "grande" atacante Leandro Darmião em campo e o Timão retornou sem mudanças. Até os dez minutos da segunda etapa, Aranha era o principal jogador da partida.

Com grandes defesas, o goleiro santista evitava uma goleada histórica do Coringão. A mais importante de suas intervenções foi em uma sequência de chutes de Renato Augusto e Guerrero que obrigaram o goleiro a demonstrar toda sua técnica.

Do lado do Coringão, Guerrero e Renato Augusto jogaram com o máximo de suas técnicas à mostra. Muita qualidade em passes, dribles e finalizações que, em grande parte do tempo, foram impedidas pelo goleiro Santista. O jogo foi, em grande parte do tempo, um ataque contra defesa. Tudo conspirava em favor da vitória corinthiana.

Contudo, após as grandes defesas de Aranha, o Timão deu uma "baixada" no ritmo, A partir da segunda metade do segundo tempo, o Corinthians passou a administrar a vitória e a tocar um pouco mais a bola e tentando chegar "na boa" ao ataque. A ideia, como sempre, era defender e depois atacar.

Nesses 20 minutos finais, um lance de muita beleza merece destaque. Luciano, o iluminado da Arena, cortou a bola para a perna esquerda e bateu...a bola resvalou no lateral santista e caiu, caprichosamente, na trave de Aranha que já estava batido. Uma pena que a bela jogada feita pelo nosso atacante não se concretizou em gol.

Até os 33 minutos do segundo tempo, o Santos só havia chegado duas vezes. Uma em falta cobrada por Lucas Lima no primeiro tempo e a outra em um chute de MUITO longe de Alisson que o nosso paredão defendeu. Do mais, o jogo era todo do Timão.

Para a sorte do Santos, o Corinthians diminuiu bastante o ritmo no final do jogo e parou de pressionar o cansado time praiano. O juiz Vinícius Furlan, após os 4 minutos de acréscimo, deu fim ao sofrimento santista. Mais uma vitória do Timão e mais 3 pontos na briga pela Libertadores!

Valeu Timão! Valeu Guerrero!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santos

  • 1000 caracteres restantes