Gobbi revela que contratação de Mano Menezes foi escolha individual dele

Gobbi revela que contratação de Mano Menezes foi escolha individual dele

Por Meu Timão

Gobbi trouxe Mano Menezes

Gobbi trouxe Mano Menezes

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A troca de treinadores no Corinthians que aconteceu em dezembro de 2013 não foi unanimidade entre os torcedores. O multi campeão Tite passou por um segundo semestre ruim, e diversos empates fizeram alguns torcedores perderem a paciência, enquanto outros ainda defendiam a permanência do treinador.

Quem deu o apito final foi o presidente Mario Gobbi. Segundo o mandatário, houve um consenso sobre a saída de Tite, mas restava um novo nome a ser contratado e o próprio presidente escolheu "sozinho" o técnico do Timão em 2014.

- Internamente, todo mundo queria que tirasse ele (Tite). Mas também tem que ser homem para afirmar lá fora, como quem trouxe o Mano Menezes fui eu, sozinho - disse Mário Gobbi, em entrevista concedida no programa "Bola da Vez", da ESPN.

Seja lá o que aconteceu no passado, Tite o perdoou, e nessa semana pediu desculpas publicamente ao presidente Mario Gobbi.

- Não quero falar muita coisa hoje, quero logo passar a palavra para o presidente Mario Gobbi que está aqui conosco. Quero apenas pedir perdão ao presidente, pelos erros que eu tenha cometido e por qualquer mágoa que eu tenha causado - disse o treinador.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes
  • Luidy foi nomeado o melhor jogador do estado de Alagoas em 2016

    Reforço do Corinthians é eleito melhor jogador do ano em AL

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes