Faltando 317 dias para o fim do empréstimo, São Paulo pensa em ter Pato em 2016

Faltando 317 dias para o fim do empréstimo, São Paulo pensa em ter Pato em 2016

Por Meu Timão

17 mil visualizações 148 comentários Comunicar erro

Pato fica no São Paulo até o fim de 2015

Pato fica no São Paulo até o fim de 2015

Foto: Divulgação / Agência Corinthians

Daqui a exatos 317 dias, termina o contrato de empréstimo do Alexandre Pato ao São Paulo, e por conta disso, a diretoria são paulina já pensa no que fazer para ter o atleta por definitivo.

Atleta do Corinthians, o atacante terá que se apresentar no Parque São Jorge em 2016 caso não haja uma oferta do São Paulo ou de qualquer outro clube que esteja disposto a pagar a multa estipulada em 10 milhões de euros.

Em entrevista ao programa "Fox Sports Rádio Night" nesta segunda-feira, o vice-presidente do São Paulo, Ataíde Gil Guerreiro, admitiu o interesse de comprar os direitos econômicos do atleta.

- Eu tenho (vontade de tê-lo em definitivo). Mas ter interesse depende ter recurso, ele precisa estar no ápice no fim do ano. Não adianta eu querer e não ter recurso - disse o vice-presidente.

Enquanto Pato continua jogando no São Paulo por empréstimo, com parte dos vencimentos pago pelo Corinthians, o atleta não poderá entrar em campo nos clássicos contra o Timão.

Veja Mais:

  • Carille, alvo de interesse de Al-Hilal, afirmou que a imprensa 'mente demais'

    Associação de jornalistas de São Paulo emite nota de repúdio por declarações de Carille

    ver detalhes
  • Corinthians de Maycon, Júnior DUtra & cia. está na terceira posição no Brasileirão

    Sexta rodada acaba, e Corinthians segue 'nas cabeças' do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Sheik deve renovar até o final da temporada

    Diretoria liga alerta para cinco atletas com contratos no fim; Sheik acerta acordo por renovação

    ver detalhes
  • Ralf trabalhou ao lado de auxiliar da preparação física do Corinthians

    Ralf vai a campo pela primeira vez após cirurgia

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes