Roberto de Andrade reitera que foco em 2015 será poupar dinheiro

Roberto de Andrade reitera que foco em 2015 será poupar dinheiro

Presidente garante que o Corinthians sempre terá uma equipe competitiva em campo

Presidente garante que o Corinthians sempre terá uma equipe competitiva em campo

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

Que o Corinthians tem problemas financeiros não é novidade para ninguém. Roberto de Andrade, que assumiu a presidência do clube, no dia 7 de fevereiro, chegou com a missão de equilibrar a parte financeira do alvinegro.

"O maior desafio é fazer com que a receita cresça. É um desafio da diretoria toda, não só meu. Dê tempos em tempos, isso vale para qualquer empresa e até para um orçamento familiar, precisamos fazer um balanço, reduzir despesas e equilibrar as contas", explicou o presidente.

A tarefa não é fácil e Roberto não aponta culpados. Segundo ele, o acúmulo de dívidas foi acontecendo aos poucos.

"É comum que você vá fechando os olhos para problemas menores, mas ao longo tempo, os valores tomam uma proporção maior. O objetivo é diminuir as despesas, não fazer exageros em área nenhuma e manter o equilíbrio", garantiu.

Oficialmente o Corinthians diz que tem cerca de R$ 300 milhões de contas para pagar. Nesse valor está incluso, por exemplo, os R$ 100 milhões que será pago ao BNDES, em junho desse ano, referente à primeira parcela do financiamento da Arena Corinthians.

"O déficit existe. Boa parte desses 300 milhões, cerca de 60%, eram impostos e estão negociados em 15 anos. Já estão sendo pagos. O resto é fornecedor, direitos econômicos, contas, né? A compra e venda de jogador não entra nessa dívida, mas, claro, se conseguirmos arrecadar mais na venda do que gastar na compra será ótimo. Mas sempre teremos um elenco forte, isso ninguém abre mão. Vamos sempre ter um time disputando todas as competições que entrar para ganhar", declarou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes