Tite “versão 2015” embala Corinthians

Tite “versão 2015” embala Corinthians

Por Meu Timão

Após um 2014 'sabático', Tite retornou ao comando do Corinthians e já tem ganhado elogios dos torcedores

Após um 2014 'sabático', Tite retornou ao comando do Corinthians e já tem ganhado elogios dos torcedores

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Não dá para negar que Tite vive uma grande fase sob o comando do Corinthians. A suada vitória conquistada sobre o San Lorenzo (ARG) na última quarta-feira, pela fase de grupos da Taça Libertadores, fez com que o técnico alvinegro superasse as expectativas não só da diretoria, mas também da torcida.

Desde o seu retorno ao Parque São Jorge, em dezembro de 2014, o Corinthians disputou dez partidas oficiais. Venceu oito e empatou apenas duas. Tal número impressiona pela rápida evolução que a equipe mostrou dentro de campo em 2015, diante da temporada mediana apresentada ano passado. Em apenas três meses de trabalho, as atuações da equipe alvinegra têm sido convincentes, como na vitória contra o São Paulo por 2 a 0 na Arena Corinthians pelo torneio sul-americano.

Não à toa, em 2014, Tite ficou afastado da profissão. Aproveitou para se aperfeiçoar e estagiou com grandes técnicos da Europa, como o argentino Carlos Bianchi e o italiano Carlo Ancelotti. No mesmo ano, o técnico alvinegro ainda realizou um curso de treinadores da UEFA, em Portugal. Evoluiu. Se reciclou.

A “versão 2015” de Tite também apresenta uma diferença importante. O comandante agora é um técnico multicampeão. Em sua última passagem pelo próprio clube alvinegro, conquistou grandes títulos como um Campeonato Brasileiro, uma Copa Libertadores da América e um Mundial de Clubes. Portanto, a cobrança será para que o Corinthians consiga manter o padrão vitorioso dos últimos anos.

Outro diferencial é o esquema tático que o técnico alvinegro definiu para a equipe nesta temporada. Em 2012, o time campeão mundial atuava na formação 4-2-3-1, com um armador, dois alas e um atacante fixo. Nesta temporada, Tite tem optado pelo esquema 4-1-4-1, com duas linhas compactas, um volante a frente da dupla de zaga e o apoio constante dos laterais, semelhante à formação tática utilizada pela Seleção da Alemanha, campeã mundial, e o Real Madrid (ESP).

Apesar da renovação do elenco, alguns jogadores que participaram do elenco vitorioso de 2012 permanecem no plantel atual, como o meio-campista Danilo e o atacante Emerson Sheik. Esse último, voltando a atuar bem e sendo decisivo sob o comando de Tite.

Devido a todos esses fatores, o Corinthians é apontado pela mídia como um dos fortes candidatos a conquistar títulos nesta temporada. Neste domingo, Tite terá outro desafio pela frente. Pelo Campeonato Paulista, o Timão encara o São Paulo, às 16h, no Estádio do Morumbi. Ainda invicto na temporada, o Corinthians busca manter o tabu de oito anos sem derrotas na casa do rival.

Veja Mais:

  • Rodriguinho foi um dos destaques do duelo na Arena; arbitragem bastante questionável

    Juiz 'esquece' pênaltis, Corinthians para na retranca do Vitória e perde a primeira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Jô teve atuação discreta na derrota para Vitória

    Cássio é eleito destaque de derrota do Corinthians; quarteto ofensivo destoa

    ver detalhes
  • Arena Corinthians recebeu 42.075 pagantes nesta tarde de sábado

    Fiel canta na Arena após primeira derrota do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Balbuena está fora do confronto de quarta-feira

    Balbuena leva terceiro amarelo, e Corinthians enfrentará Chape com zaga de jovens da base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes