Corinthians empata com Red Bull, mas segue invicto no Paulista

Corinthians Corinthians 0 x 0 Red Bull Brasil Red Bull Brasil

Paulista 2015

Corinthians empata com Red Bull, mas segue invicto no Paulista

Por Meu Timão

Corinthians

Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians recebeu o Red Bull Brasil em casa, pelo campeonato Paulista, mas só conseguiu marcar um ponto na tabela do Estadual. Com 31 mil torcedores assistindo à partida, a equipe titular do técnico Tite empatou em 0 a 0 com o time do interior.

O primeiro tempo foi morno, sem muitas chances de gol e com Cássio sendo exigido mais do que o esperado.

Na segunda etapa, com a entrada do atacante Vagner Love, o Corinthians mudou seu esquema. Dependendo do posicionamento de Sheik, tinha dois e às vezes três homens na frente. Assim, a partida ficou muito mais disputada, com inúmeras divididas na região central do campo.

Mesmo com o empate, o Corinthians segue invicto no Paulista, com 23 pontos. A equipe viaja na próxima segunda-feira para o Uruguai, onde enfrentará o Danubio, pela Libertadores. No Estadual, o próximo confronto é contra o Capivariano, no dia 22 de março.

45 minutos mornos

O Corinthians começou trocando passes no campo de defesa, e logo aos dois minutos Guerrero protagomizou o primeiro impedimento. Pela primeira vez, aos seis minutos, o Timão chegou com perigo, mas a zaga do RBB afastou o cruzamento de Fagner. O árbitro da partida, Luiz Vanderlei Martinucho, deixava o jogo correr e não marcava qualquer falta, o que aos poucos foi deixando a torcida alvinegra irritada.

Aos dez minutos, Cássio fez boa defesa no primeiro lance de perigo do RBB, espalmando para fora da área. Mesmo sem criar chances de gol nos primeiros minutos da partida, o Corinthians mantinha a posse de bola e a forte marcação. O que animou a torcida foi a cena incomum de Sheik se atrapalhando com o árbitro, que acabou no chão.

Outra defesa importante de Cássio aos 28. O Timão respondeu no contra-ataque aos 29, com Fagner tentando o cruzamento, mas a bola ganhou efeito e bateu na trave. Em boa triangulação do ataque corinthiano, Uendel infiltrou pelo meio e recebeu bom passe de Jadson, mas deixou a bola escapar e desperdiçou uma das únicas oportunidades do primeiro tempo. Em jogada parecida aos 39, foi a vez de Jadson deixar a bola escapar.

No último lance de perigo, Guerrero pegou de primeira mas a bola subiu muito e passou longe do gol. Em 0 a 0, o Corinthians, que só começou a criar perigo depois dos 35 minutos, fechou o primeiro tempo com dificuldade para entrar na defesa do RBB.

Love esquenta, mas não marca

O segundo tempo já começou com mudança: Vagner Love no lugar de Cristian. O atacante já começou com um desarme no campo de ataque, que resultou em um chute perigoso ao gol do RBB.

Aos 9 minutos Cássio teve que fazer sua primeira defesa do segundo tempo, com jogada mais uma vez vinda de Allan Dias. Aos 13, Love, que entrou muito bem, recebeu passe de Sheik e chutou ao gol, dessa vez a bola passou muito perto.

Ameaçando mais o adversário, Love dribla o zagueiro e cruza para Jadson, que carrega o pé direito e faz Juninho, goleiro do RBB, fazer bela defesa. Com ótima troca de passes e belo cruzamento de Fagner, a bola chega com perigo na área, mas ninguém alcança para finalizar.

Aos 27, Elias tomou cartão amarelo por falta cometida em Willian Magrão. Com mais uma mudança, Malcom entrou no lugar de Elias. A última substituição foi de Sheik por Luciano. Apostando na forte pressão, o Corinthians tem um volante, um meia e quatro atacantes em campo. Mais uma vez, Vagner Love busca o gol.

No final do jogo, o RBB abriu mão de atacar e se fechou totalmente. Aos 47, falta perigosa para o Corinthians. As mudanças da segunda etapa não foram suficientes para garantir a vitória corinthiana. A partida terminou sem mais sustos e o Corinthians deixou o campo com mais um ponto garantido no Paulista.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Red Bull Brasil

  • 1000 caracteres restantes