Contrato mais longo do Timão, paraguaio Angel Romero segue pouco aproveitado

Contrato mais longo do Timão, paraguaio Angel Romero segue pouco aproveitado

Por Meu Timão

7.8 mil visualizações 118 comentários Comunicar erro

Romero tem recebido pouquíssimas oportunidades

Romero tem recebido pouquíssimas oportunidades

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O jovem Angel Romero, de 22 anos, tem sido um dos poucos jogadores do elenco principal que não participa ativamente do rodízio promovido por Tite. O paraguaio, chegou com ares de promessa sulamericana mas não emplacou.

Com Mano Menezes, Romero ainda chegou a ter algumas chances, porém, sob o comando de Tite, costuma inclusive treinar separado do elenco. Na pré-temporada na Flórida, por exemplo, era ele quem ficava de fora dos rachões, ao lado do goleiro Matheus Vidotto e do garoto Matheus Pirulão.

Mesmo tímido e calado, Romero é querido pelo grupo, mas tem recebido pouca ou nenhuma oportunidade em campo. Apesar disso, é o atacante quem tem o contrato mais longo no Corinthians: o vínculo do jogador vai até julho de 2019.

Romero foi contrato junto ao Cerro por U$ 3 milhões, e está no clube desde julho passado. Sem se destacar, o atacante só foi relacionado para oito partidas na temporada, das quais só entrou em campo em duas, nos minutos finais.

Veja Mais:

  • Timão viu Internacional ser superior e vencer com gol aos 46 minutos do segundo tempo

    Corinthians perde colocações no Brasileirão após revés para Internacional; veja tabela

    ver detalhes
  • Zaga de Loss bateu cabeça no Sul e perdeu a segunda seguida

    Defesa falha, Corinthians cede virada ao Internacional e perde a segunda com Loss

    ver detalhes
  • Em tarde ruim, Timão decepcionou no Sul e levou virada por 2 a 1

    Torcida do Corinthians elege 'vilões' de derrota para Internacional; Vital se salva

    ver detalhes
  • Mantuan chorou bastante após o término do jogo

    Nas redes sociais, colegas e Loss dão força a Mantuan; irmão manda recado emotivo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes