Sheik pede desculpas a meia, mas confessa: 'Dei brecha'

Sheik pede desculpas a meia, mas confessa: 'Dei brecha'

Sheik pediu desculpas a Renato Augusto por expulsão

Sheik pediu desculpas a Renato Augusto por expulsão

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O atacante Emerson Sheik se envolveu novamente em uma polêmica. Após confusão com o zagueiro Rafael Toloi, Sheik foi expulo, ainda aos 19 minutos do primeiro tempo, e mudou o rumo do clássico contra o São Paulo.

Nesta quinta-feira, o meia Renato Augusto relevou que, após o jogo, o atacante se desculpou com o companheiro de equipe e confessou ter dado brecha para a decisão do árbitro.

"Encontrei com ele depois do jogo. Ele estava chateado. Eu não tinha visto o lance, perguntei o que houve, ele disse que não era para expulsão, mas que deu brecha para que ocorresse a expulsão. Ele me pediu desculpas, ficou muito chateado", contou o meia.

Questionado se o atacante teria tido a mesma atitude com o restante do elenco, Renato Augusto garantiu que não reparou.

"Ele falou comigo porque fui falar com ele. Depois não fiquei reparando. Fui tomar banho, esfriar a cabeça. Foi até um pedido do Tite para todos tomarem banho e depois conversar", explicou.

Essa não é a primeira vez que o atacante se envolve em polêmicas nessa temporada. Na semana anterior ao jogo contra o San Lorenzo, Sheik chegou atrasado ao treino e não viajou com o elenco para a Argentina.

Renato Augusto preferiu não opinar sobre as confusões do colega e destacou a importância de Sheik para o grupo do Timão.

"Ele é um cara muito decisivo, acima da média, acostumado com a Libertadores. Teve os seus deslizes, mas agora é a hora de trazê-lo de volta pra o grupo. É hora do grupo se fortalecer", declarou.

"É agora que vemos a força do elenco, porque falar quando está ganhando é fácil, é na derrota que a gente vê. Vamos trazer ele de volta e mostrar que ele é importante para a gente", completou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes