Emerson Sheik não terá seu contrato renovado no Corinthians

Emerson Sheik não terá seu contrato renovado no Corinthians

Por Meu Timão

Sheik foi o autor dos dois gols na final da Libertadores, no Pacaembu

Sheik foi o autor dos dois gols na final da Libertadores, no Pacaembu

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Nessa sexta-feira, o presidente do Corinthians foi ao CT Joaquim Grava para anunciar a não renovação do contrato de Emerson Sheik. Roberto de Andrade agradeceu ao atleta por tudo o que ele fez no clube mas avisou que o contrato do atacante, que encerra em julho, não terá continuidade.

"Em relação ao Sheik, nós, diretoria, comissão, conversamos com o atleta e achamos por bem não renovar. O contrato acaba em julho, e ele vai seguir a vida dele. O Corinthians agradece muito o que ele fez", revelou o presidente.

Apesar de Tite claramente gostar do futebol do atacante, o motivo da decisão da diretoria é claro: salário. Com vencimentos estimados em R$520 mil por mês, o clube passa por problemas financeiros e pretende abaixar a folha salarial.

"Enquanto (Emerson) foi atleta do Corinthians, sempre fez o melhor, resolveu grandes jogos, que entraram para a história do Corinthians, como a final da Libertadores. É muito pouco falar que ele fez dois gols na final da Libertadores. Eu só tenho a agradecer", completou.

Quando questionado sobre a razão da não renovação do contrato do atacante, se o motivo seria financeiro ou extracampo, afirmou: "Um pouco de tudo. Por isso que a decisão foi tomada por todos. Estamos em um momento de fazer o Corinthians dar um passo para trás. Não significa que vamos deixar o time mais fraco. Temos de enquadrar os números na nova realidade do Corinthians, mas sempre com um time forte".

Portanto, Sheik está com os dias contados e, a partir deste domingo, poderá atuar nas suas últimas partidas vestindo a camisa do Corinthians. Ao todo, o Timão ainda fará 11 partidas antes do término do contrato do atacante, mas é possível que o clube o libere antes para evitar que Emerson complete sete jogos pelo clube, e possa jogar em outras equipes brasileiras e, economizando assim, dois salários do atleta (aproximadamente R$ 1 milhão).

Veja Mais:

  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes