Meia é liberado e pode ser opção no banco contra o Figueirense

Meia é liberado e pode ser opção no banco contra o Figueirense

Por Meu Timão

12 mil visualizações 76 comentários Comunicar erro

Rodriguinho já pode voltar a atuar pelo Timão

Rodriguinho já pode voltar a atuar pelo Timão

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Nesta segunda-feira, com a abertura da janela internacional de transferências, o meia Rodriguinho, que estava emprestado ao Al Sharjah, dos Emirados Árabes, e recentemente foi reintegrado ao Timão, volta a ficar à disposição do técnico Tite.

A diretoria alvinegra já pode inscrever o jogador para as próximas partidas do Campeonato Brasileiro. Assim, Rodriguinho pode ser uma opção do treinador para o confronto deste sábado, contra o Figueirense, às 21h, na Arena Corinthians.

No treino desta terça-feira, o atleta ficou no time reserva. No meio de campo, Rodriguinho disputa vaga com Danilo, Renato Augusto e Jadson, já que Petros deixou o clube do Parque São Jorge para vestir a camisa do Betis, da Espanha, e Matheus Pereira veio da base e ainda não foi aproveitado por Tite.

Seu contrato de empréstimo era válido até o dia 30 de junho, mas foi possível rescindir antes de seu término e o jogador já treina com o elenco alvinegro no CT Dr. Joaquim Grava desde a última semana. Com o Timão, Rodriguinho tem contrato válido até dezembro de 2016.

Veja Mais:

  • Corinthians de Fagner não conseguiu estufar as redes do Barradão nesta quarta

    Corinthians aposta na defesa, sai ileso do Barradão e segue vivo na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Ralf deixou campo aos prantos no Barradão

    Ralf sofre luxação no Corinthians, e cirurgia não está descartada

    ver detalhes
  • Jadson teve atuação aquém na estreia do Corinthians na Copa do Brasil

    Jadson, Clayson, Carille... Empate em Salvador rende notas vermelhas a corinthianos

    ver detalhes
  • Roger vai viajar a Belo Horizonte

    Treinador do Corinthians confirma Roger na viagem a Belo Horizonte, mas faz uma ressalva

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes