Tite fala em 'longevidade' e 'evolução da equipe' do Timão

2.5 mil visualizações 43 comentários

Por Meu Timão

Tite fala sobre evolução da equipe do Corinthians

Tite fala sobre evolução da equipe do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No Campeonato Brasileiro, que caminha para sua 16ª rodada, o Corinthians acumula nove vitórias, três empates e três derrotas. Ao todo, são 30 pontos que garantem ao Timão a segunda posição na classificação. Sobre o andamento da principal competição do país, o técnico Tite avalia a qualidade dos adversários do Alvinegro.

"Esse bloco de cima com sete equipes que estão se afirmando e tem uma outra que é o Atlético-MG. Ele flutua, com jogadas padronizadas... O Giovanni Augusto joga muito, aí você tem no banco de reservas Luan, Maxuell, o Guilherme... Você fica com opções muito grandes", afimou o treinador, em participação no programa Fox Sports Rádio.

Levando em cosideração a fase de reformulação que o clube do Parque São Jorge passou, o técnico ressaltou a evolução do time, desde a queda de rendimento no início da temporada. "São etapas, são ciclos, são características. Fizemos o gol no Mundial com 17 toques na bola. Agora, nesse momento que empatamos (com o Coritiba), tem esse processo de evolução da equipe. É a nossa ideia, é só lembrar dos três primeiros meses da Libertadores", garantiu Tite.

"Aquele nível que apresentamos me surpreendeu. Agora a longevidade para enfrentar as equipes não. A realidade é menor, é diferente. Naquele estágio, padrão normal de atuação, não sei. Mas se o Corinthians mantivesse o nível de atuação do início do ano, poderíamos jogar de igual para igual contra europeus", completou.

Ainda sobre o decorrer do Brasileirão, no qual Tite pode aproveitar mais os garotos da base alvinegra, como vem fazendo aos poucos e com cautela, o treinador falou sobre os projetos que envolvem a integração das categorias do clube.

"Quem promoveu essa integração foi o Edu (Gaspar). Que é legal porque o técnico passa, e eu gosto de valorizar os profissionais que são da casa. O Fábio Carille divide espaço no banco comigo e com o Cleiton Xavier. O Corinthians precisa, enquanto entidade, para trocar idéias, e isso acaba acontecendo. E um detalhe importante: Não tem que estabelecer padrão tático. Faça aquilo que tu tenha de material humano maior", disse.

Relembrando o amistoso realizado na última semana, que pôde contar com muitos jovens da base, Tite finalizou: "Nós tivemos a chance no jogo do ABC de dar oportunidades a alguns jogadores da base. O Sam jogou, o Matheus Pereira joga muito. Pelo porte físico deles, no último terço do campo, a qualidade técnica dele, só que é garoto. É um jogo de zadrez, cara. Então eles vãos sendo preparados. O grande desafio é preparar o atleta, que a hora que ele entrar ele vai estar consistente, vai estar forte".

Veja Mais:

  • Corinthians empatou com o Internacional

    Corinthians toma gol no final e fica só no empate contra o Internacional pelo Brasileirão

    ver detalhes
  • Sylvinho demonstra confiança ao falar de sua relação com a diretoria e com o presidente do Corinthians

    Sylvinho rebate críticas e frisa: 'O que me vale é a palavra do presidente'

    ver detalhes
  • Renato Augusto marcou o gol de empate do Corinthians e apareceu no pódio de melhores da partida, mas não foi o atleta mais bem votado

    Meia é eleito melhor do Corinthians no empate com Internacional; ídolo e Sylvinho são os piores

    ver detalhes
  • Corinthians não mudou de posição na tabela do Brasileirão

    Corinthians mantém posição e perde chance de se aproximar do G4 após empate; veja classificação

    ver detalhes
  • Giuliano foi um dos poucos elogiados pela torcida do Corinthians neste domingo

    Destaques individuais e críticas duras para Sylvinho: torcida repercute empate do Corinthians

    ver detalhes
  • Cássio levou o terceiro cartão amarelo contra o Internacional

    Cássio toma terceiro amarelo e desfalca o Corinthians na partida contra a Chapecoense

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x