Tite fala em 'longevidade' e 'evolução da equipe' do Timão

Tite fala em 'longevidade' e 'evolução da equipe' do Timão

Por Meu Timão

Tite fala sobre evolução da equipe do Corinthians

Tite fala sobre evolução da equipe do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

No Campeonato Brasileiro, que caminha para sua 16ª rodada, o Corinthians acumula nove vitórias, três empates e três derrotas. Ao todo, são 30 pontos que garantem ao Timão a segunda posição na classificação. Sobre o andamento da principal competição do país, o técnico Tite avalia a qualidade dos adversários do Alvinegro.

"Esse bloco de cima com sete equipes que estão se afirmando e tem uma outra que é o Atlético-MG. Ele flutua, com jogadas padronizadas... O Giovanni Augusto joga muito, aí você tem no banco de reservas Luan, Maxuell, o Guilherme... Você fica com opções muito grandes", afimou o treinador, em participação no programa Fox Sports Rádio.

Levando em cosideração a fase de reformulação que o clube do Parque São Jorge passou, o técnico ressaltou a evolução do time, desde a queda de rendimento no início da temporada. "São etapas, são ciclos, são características. Fizemos o gol no Mundial com 17 toques na bola. Agora, nesse momento que empatamos (com o Coritiba), tem esse processo de evolução da equipe. É a nossa ideia, é só lembrar dos três primeiros meses da Libertadores", garantiu Tite.

"Aquele nível que apresentamos me surpreendeu. Agora a longevidade para enfrentar as equipes não. A realidade é menor, é diferente. Naquele estágio, padrão normal de atuação, não sei. Mas se o Corinthians mantivesse o nível de atuação do início do ano, poderíamos jogar de igual para igual contra europeus", completou.

Ainda sobre o decorrer do Brasileirão, no qual Tite pode aproveitar mais os garotos da base alvinegra, como vem fazendo aos poucos e com cautela, o treinador falou sobre os projetos que envolvem a integração das categorias do clube.

"Quem promoveu essa integração foi o Edu (Gaspar). Que é legal porque o técnico passa, e eu gosto de valorizar os profissionais que são da casa. O Fábio Carille divide espaço no banco comigo e com o Cleiton Xavier. O Corinthians precisa, enquanto entidade, para trocar idéias, e isso acaba acontecendo. E um detalhe importante: Não tem que estabelecer padrão tático. Faça aquilo que tu tenha de material humano maior", disse.

Relembrando o amistoso realizado na última semana, que pôde contar com muitos jovens da base, Tite finalizou: "Nós tivemos a chance no jogo do ABC de dar oportunidades a alguns jogadores da base. O Sam jogou, o Matheus Pereira joga muito. Pelo porte físico deles, no último terço do campo, a qualidade técnica dele, só que é garoto. É um jogo de zadrez, cara. Então eles vãos sendo preparados. O grande desafio é preparar o atleta, que a hora que ele entrar ele vai estar consistente, vai estar forte".

Veja Mais:

  • Jadson pode ser relacionado para o clássico contra o Palmeiras

    Jadson pede para enfrentar o Palmeiras; desempenho contra o Água Santa será decisivo

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes