Jadson fala sobre clássico e descarta 'favoritismo' do Timão

Jadson fala sobre clássico e descarta 'favoritismo' do Timão

Por Meu Timão

Em entrevista coletiva, Jadson descartou que o Corinthians seja favorito no clássico contra o São Paulo

Em entrevista coletiva, Jadson descartou que o Corinthians seja favorito no clássico contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Artilheiro do Corinthians no Brasileirão, com seis gols, o meia Jadson reconheceu que o clássico do próximo domingo, diante do São Paulo, às 16h, será fundamental para diminuir a distância ao líder Atlético-MG. Nesta quinta-feira, após o treino realizado no CT Joaquim Grava, o camisa 10 da equipe alvinegra falou sobre sua expectativa para o Majestoso.

"O nosso momento é um pouco melhor do que o do São Paulo. Mas quando rola clássico não tem favoritismo. Quando a bola rola a dificuldade é enorme, a rivalidade entre as torcidas, os clubes. Vai ser um jogo muito difícil, mas nos dá a chance de nos distanciarmos do São Paulo e continuar na cola do Atlético-MG", afirmou Jadson, em entrevista coletiva.

Não à toa, Jadson vive um bom momento em sua carreira. Envolvido numa troca com o atacante Alexandre Pato, o meia chegou ao Corinthians com certa desconfiança por parte da torcida. Na temporada passada, sob o comando de Mano Menezes, oscilou e passou boa parte do tempo na reserva. Já com Tite, o armador recuperou a confiança e virou peça-chave do Timão.

"Estou feliz com o meu rendimento. Estou tentando ajudar a equipe da melhor maneira possível. A confiança que o Tite me passou no começo do ano foi fundamental. Venho trabalhando forte. Todos no grupo estão pensando em buscar o título. Temos tudo para conseguir", analisou.

No entanto, para levantar o troféu do hexacampeonato em dezembro, o Timão terá que melhorar seu desempenho longe da Arena Corinthians. Em oito partidas fora de casa, a equipe do técnico Tite soma três vitórias, três empates e duas derrotas.

"Nossa equipe tem de fazer o dever de casa. As vitórias dentro de casa são fundamentais. Também precisamos vencer fora para pensar em título. O Tite sabe o que fazer, e a gente tem de cumprir. Tomara que contra o São Paulo a equipe esteja inspirada para continuar batalhando pela primeira posição", declarou.

"Nossa equipe vem demonstrando uma capacidade enorme dentro de campo, conseguindo vitórias, encostar no líder. Mas esse jogo contra o São Paulo é fundamental, porque pode dar confiança, quebra a sequência de não vitórias em clássicos, para tirar esse peso. A rivalidade entre os torcedores também é grande. Temos de fazer a nossa parte e buscar a liderança", finalizou.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes