Joia da base assina primeiro contrato profissional com o Timão

36 mil visualizações 111 comentários

Depois de uma novela envolvendo empresários e o clube, o Corinthians finalmente acertou o primeiro contrato profissional do jovem Fabrício Oya. O meia, que é um dos principais destaques das categorias de base alvinegra, divulgou o momento tão importante na carreira em uma de suas redes sociais.

"Realização de um sonho! Primeiro contrato profissional com o Sport Club Corinthians Paulista assinado! Obrigado senhor", escreveu Oya, que está há tempos negociando com o Timão o vínculo profissional.

O que estava impedindo a assinatura do contrato era seu empresário, Wagner Ribeiro. O agente estava exigindo valores e condições absurdas do Corinthians, que chegaram até a irritar a diretoria alvinegra. Na época, um dos diretorias chegou a dizer que a pedida era "mil vezes acima do teto" das categorias de base.

Fabrício Oya foi um dos destaques do Corinthians Sub-17 na disputa da Taça BH da categoria. Ainda se recuperando de uma lesão, o meia entrou no segundo tempo da final e marcou os dois gols da vitória em cima do Flamengo, que garantiu a taça aos alvinegros.

Confira a publicação de Fabrício Oya

Veja Mais:

  • Atacante Yony González não jogará mais pelo Corinthians

    Corinthians anuncia devolução de Yony González ao Benfica; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Corinthians vai ter apenas dois dias para realizar o procedimento e deixar Jô apto para a estreia do Paulistão

    O que o Corinthians precisa fazer para contar com Jô no Dérbi? Entenda o procedimento

    ver detalhes
  • Marcinho estava praticamente fechado, mas diretoria suspendeu conversas com o Botafogo; Yony González está fora

    Diretoria do Corinthians repensa gastos com contratações por conta de pressão externa

    ver detalhes
  • Cantillo vinha treinando normalmente desde a volta dos trabalhos no CT

    Cantillo testa positivo para coronavírus e desfalca o Corinthians em retorno do Paulistão

    ver detalhes
  • Pelo Corinthians, após quase cinco anos de vínculo, Clodoaldo atuou apenas em 20 jogos e marcou cinco gols. Foi dele o gol do empate no último - e derradeiro -, confronto da equipe no fatídico Brasileirão 2007

    Corinthians é condenado a pagar quase R$ 1 milhão para Clodoaldo; ação durou oito anos

    ver detalhes
  • Elenco já treinou na Arena com Tiago Nunes

    Corinthians marca treinamento na Arena nesta quarta-feira; comissão discute planejamento

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: