Roberto de Andrade recusa convite para depor na CPI do Futebol

Roberto de Andrade recusa convite para depor na CPI do Futebol

Por Meu Timão

Presidente do Corinthians desde fevereiro, Roberto de Andrade não irá depor na CPI do Futebol

Presidente do Corinthians desde fevereiro, Roberto de Andrade não irá depor na CPI do Futebol

Foto: Marcelo Machado/Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, não irá depor na CPI do Futebol, marcada para esta quarta-feira, em Brasília. Assim como Carlos Miguel Aidar, do São Paulo, e Modesto Roma Jr., do Santos, o dirigente alvinegro foi convidado para comparecer ao encontro, mas recusou o convite. A informação é portal ESPN.com.br.

Presidida pelo ex-jogador e atual senador Romário, a CPI do Futebol foi formada após a divulgação dos casos de corrupção na FIFA – em maio, nove mandatários da entidade foram presos sob acusação de corrupção, extorsão, lavagem de dinheiro e fraude eletrônica. Dentre eles, José Maria Marin, ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Instaurada a comissão parlamentar de inquérito, uma série de jornalistas e dirigentes de clubes será ouvida para apurar possíveis irregularidades em campeonatos organizados pela CBF, como a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de futebol de 2014. A ideia inicial de Romário era convocar somente os cartolas da Liga Sul-Minas-Rio, mas o convite acabou estendido a todos os presidentes.

Questionado, Roberto de Andrade não quis explicar o motivo de sua ausência na CPI. No último dia 11, o dirigente esteve presente em uma reunião na sede da CBF, no Rio de Janeiro, para discutir melhorias na arbitragem brasileira. Integrante do Conselho Técnico da entidade, ele defende o uso da tecnologia durante as partidas, proposta levada a Marco Polo Del Nero e à Comissão Nacional de Arbitragem.

Esta não é a primeira vez que o Corinthians deixa de ser representado em um encontro “político”. Em junho, o Timão não participou de uma reunião com Del Nero, então recém-chegado à presidência. No entanto, de acordo com o próprio Roberto de Andrade, a relação entre clube e entidade segue em perfeita harmonia.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Brusque nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil

    Corinthians inicia semana com decisão pela Copa do Brasil e outro clássico na Arena

    ver detalhes
  • Jadson deve fazer sua reestreia contra o Brusque, em Santa Catarina

    Reestreia de Jadson em Santa Catarina deve ser confirmada nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

    Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de ALDRIN

    Ranking: 253º

    Aldrin 1851 comentários

    por @nirdla

    Vejo pelos comentários aqui que a maioria é contra o depoimento na CPI ou aprovam a atitude do presidente do Corinthians; no entanto, esquecem esses que aprovam essa atitude que recentemente nossos dirigente reclamavam da forma como a COMEBOL e a CBF estão "dirigindo" os campeonatos aos quais o nosso Timão tem participado. Fica fora dessas discussões é o mesmo que aprovar a ideia de ser APOLÍTICO. Saibam que a política em qualquer seguimento da humanidade é quem aponta os rumos de uma sociedade. Se estamos falando de sociedade futebolística e querendo melhorias no futebol, bem como o afastamento das "persona non grata", não deveríamos ter essa postura. Há no Congresso Nacional uma bancada do bola que só deixam passar leis e projetos que sirvam aos interesses pessoais de alguns poucos abastados por essa máfia do futebol. Essa FIFA fez o que fez no Brasil, em detrimento da vontade do povo brasileiro e agora, quando poderíamos cobrar, os mesmos atores se omitem - MERECEMOS!

  • Foto do perfil de Bastian

    Bastian 7 comentários

    por @bastianmeyer

    Quando existe uma chance de pressionar a CBF sobre nosso futebol, nos ausentamos. Levando em consideração o histórico do Corinthians, eu esperava mais.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Cleidson

    Ranking: 5º

    Cleidson 27530 comentários

    74º. por @cleidson

    Perfeita harmonia...sei...to esperando a promessa do andres de quebrar a CBF em 2018

  • Foto do perfil de Romário

    Ranking: 744º

    Romário 786 comentários

    73º. por @romario.magalhaes

    Verdade! Eu estou cansado de ver isso, Corinthians reclama disso, daquilo, que as coisas está errada, ai quando alguém convida o clube para debater contra essas instituições, CBF, REDE GLOBO, COMEBOL, o clube simplesmente coloca o rabinho entre as pernas e sai quietinho!

    Foto do perfil de ALDRIN

    ALDRIN 1851 comentários

    06/10/2015 às 18h26 por @nirdla

    Vejo pelos comentários aqui que a maioria é contra o depoimento na CPI ou aprovam a atitude do presidente do Corinthians; no entanto, esquecem esses que aprovam essa atitude que recentemente nossos dirigente reclamavam da forma como a COMEBOL e a CBF estão "dirigindo" os campeonatos aos quais o nosso Timão tem participado. Fica fora dessas discussões é o mesmo que aprovar a ideia de ser APOLÍTICO. Saibam que a política em qualquer seguimento da humanidade é quem aponta os rumos de uma sociedade. Se estamos falando de sociedade futebolística e querendo melhorias no futebol, bem como o afastamento das "persona non grata", não deveríamos ter essa postura. Há no Congresso Nacional uma bancada do bola que só deixam passar leis e projetos que sirvam aos interesses pessoais de alguns poucos abastados por essa máfia do futebol. Essa FIFA fez o que fez no Brasil, em detrimento da vontade do povo brasileiro e agora, quando poderíamos cobrar, os mesmos atores se omitem - MERECEMOS!

  • Foto do perfil de CLÁUDIO

    Ranking: 33º

    ClÁudio 8793 comentários

    72º. por @soucorinthians

    Não acredito muito em CPI, quase sempre acabam em pizza, e nos com cara de palhaço. Porém tem que participar e dar sua versão se convidado, pois se omitir significa não se incomodar com o que acontece nem com o que acontecera. CORINTHIANS SEMPRE.

  • Foto do perfil de Fernando

    Ranking: 7461º

    Fernando 55 comentários

    71º. por @fernando.santiago

    Rabo preso? Quem sabe...

    Tem a oportunidade de esclarecer as mutretas e se nega a ajudar, belo exemplo

  • Foto do perfil de Pauloh

    Ranking: 237º

    Pauloh 1919 comentários

    70º. por @pauloh.henryque

    Eu pensei a mesma coisa tem que ir lá

    Foto do perfil de Tell

    Tell 795 comentários

    07/10/2015 às 12h03 por @telll

    Poha, presidente. Tem que ir! Ou também tem o rabo preso? Queremos moralizar o futebol ou não queremos? !?
    Tem ir lá e depor sim. Quem não deve não teme.

  • Foto do perfil de KORUJINHA

    Ranking: 235º

    Korujinha 1928 comentários

    69º. por @elaine.vitor1

    Iiiiiiiiii...vacilou em presidente, você teve a chance de mostrar que quer realmente mudança, ai você não vai a uma CPI...nem pode reclamar se for prejudicado na frente.

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 53º

    Mario 5490 comentários

    68º. por @marioayres

    Futebol e política não combinam. Fez bem Roberto.

  • Foto do perfil de Tell

    Ranking: 737º

    Tell 795 comentários

    67º. por @telll

    Poha, presidente. Tem que ir! Ou também tem o rabo preso? Queremos moralizar o futebol ou não queremos? !?
    Tem ir lá e depor sim. Quem não deve não teme.

  • Foto do perfil de João

    Ranking: 5855º

    João 80 comentários

    66º. por @joao.carlos75

    Imagino que o que está acontecendo é o seguinte...

    Andres Sanchez é aliado ao PT, e qualquer um sabe que quem manda no Corinthians é ele, e essa CPI claramente irá contra o seu partido, e por isso ele impede que qualquer dirigente do Corinthians se manifeste a favor da CPI ou faça alguma denuncia.

  • Foto do perfil de Carlos

    Ranking: 109º

    Carlos 3269 comentários

    65º. por @cal.gatto

    Concordo e detalho o por que. Todo politico, ou líder de grupo, tem que ter ou desenvolver habilidades politicas, como ser muito bem assessorado, ter boa oratória etc... Isso se aplica a presidente de clube, para representar sua entidade, mesmo que sem culpa, a representação se faz necessário caso contrário, onde não se tem culpa, a ausência pode configurar o inverso, principalmente para adversários, rivais, antis e outros mais, quem tenham interesses contrários ao clube " CONVIDADO".

    Foto do perfil de Bastian

    Bastian 7 comentários

    07/10/2015 às 00h25 por @bastianmeyer

    Quando existe uma chance de pressionar a CBF sobre nosso futebol, nos ausentamos. Levando em consideração o histórico do Corinthians, eu esperava mais.