Corinthians ainda deve direitos de imagem a ex-treinador

Corinthians ainda deve direitos de imagem a ex-treinador

Por Meu Timão

Mano Menezes revelou o Corinthians ainda lhe deve seis meses de salário

Mano Menezes revelou o Corinthians ainda lhe deve seis meses de salário

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Se na última terça-feira, o Corinthians quitou suas dívidas referentes aos direitos de imagem e premiações de Ralf, Elias, Renato Augusto, Jadson e Danilo, com o ex-técnico do Timão, Mano Menezes, a situação não mudou.

Em junho deste ano, seis meses após sua saída do clube, o treinador revelou as pendências, referentes aos seis últimos meses de sua passagem, por de direitos de imagem. Em participação ao programa Bola da Vez, da ESPN, que será exibido na noite desta terça-feira, Mano voltou a tocar no assunto, reafirmando a dívida.

"Minha esperança está aí nos próximos dias. Ficaria muito chateado se tivesse que recorrer à Justiça, com a relação que tenho com o Corinthians, com tudo que vivemos juntos, para receber uma coisa que é meu direito de trabalho. Ficaria muito chateado, muito decepcionado. Espero que não precise", disse o técnico.

Além de Mano Menezes, o Corinthians também deve premiações para o técnico Tite e o valor do acordo com Ralf, sobre a sua não transferência para a Itália em 2012. Esse montante está sendo cobrado na Justiça pelos empresários do jogador.

Veja Mais:

  • Serginho nunca escondeu desejo de atuar no Corinthians

    Corinthians confirma time de vôlei profissional com Serginho

    ver detalhes
  • Arena Corinthians pode ser palco de torneio de pré-temporada em 2018

    'Cansado' da Florida Cup, Corinthians cogita torneio de pré-temporada na Arena em 2018

    ver detalhes
  • Jô fez o gol do Corinthians contra o Vitória na Arena da Fonte Nova

    Vitória faz Corinthians subir para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Clayson é o novo reforço do Timão

    Clayson aparece no BID e pode estrear pelo Corinthians contra o Atlético-GO

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes