De longe, Fábio Santos elogia Ralf e fala sobre o Timão

De longe, Fábio Santos elogia Ralf e fala sobre o Timão

Por Meu Timão

Ex-Corinthians, Fábio Santos analisou a campanha da equipe liderada pelo técnico Tite no Brasileirão

Ex-Corinthians, Fábio Santos analisou a campanha da equipe liderada pelo técnico Tite no Brasileirão

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

No México há quatro meses, Fábio Santos continua acompanhando o dia a dia do Corinthians, atual líder do Brasileirão. Titular do Cruz Azul, o lateral-esquerdo comentou a situação do ex-companheiro Ralf – o volante tem contrato com o Timão até 31 de dezembro, mas torce pela renovação do vínculo.

“Difícil falar de outra pessoa e de outro contrato, mas óbvio que, vendo de fora, para mim ele é um jogador exemplar, profissional ao extremo, que não perde um treino, todo mundo gosta dele. É vencedor, conquistou muitos títulos, não se lesiona, está sempre jogando...”, afirmou Fábio Santos ao portal GloboEsporte.com.

Para o ex-camisa 6 alvinegro, Ralf merece ser valorizado pela diretoria corinthiana. “Acredito que neste momento ele queira o mesmo reconhecimento que eu gostaria de ter tido, de firmar mais dois ou três anos de contrato... Mas com certeza ele já tem a história marcada na história do clube. Foi um dos melhores profissionais com quem trabalhei”, contou.

Fábio Santos chegou ao Corinthians em 2011 e assumiu a lateral esquerda após a saída de Roberto Carlos. Em sua primeira temporada, se firmou como titular e foi campeão do Campeonato Brasileiro. No ano seguinte, colocou de vez seu nome na história do Timão ao vencer o Boca Juniors-ARG, na final da Libertadores, e o Chelsea-ING, pelo Mundial, no Japão.

De longe, o jogador falou sobre a campanha do Corinthians e rendeu elogios a Tite. “Sou suspeito para falar do Tite, mas pode botar na conta dele uma porcentagem enorme dessa conquista. É um cara que trabalha muito bem, é disparado o melhor em atividade no país, competindo com grandes de fora também. Sabe motivar o grupo e você não vê entrevista de nenhum jogador dizendo que está quase com a mão na taça. Tite e a comissão técnica vão manter esse time focado até o final”, avisou Fábio.

Por conta do alto salário, a diretoria do Timão decidiu negociá-lo com o Cruz Azul, em junho. Antes de se transferir para a cidade do México, o ex-camisa 6 do Parque São Jorge recebeu uma bela homenagem na Arena Corinthians. Por fim, ele ainda analisou seus dois substitutos: Uendel e Guilherme Arana.

“Uendel é um cara inteligente e entendeu bem o que Tite pediu, que a prioridade dos laterais é marcar. Não foi difícil para ele se adaptar à função. É tecnicamente muito bom, tem tudo para seguir jogando muito bem. E o Arana é um menino de 18 anos, que tem muito a evoluir e amadurecer, e tem profissionais à altura para o ajudarem. Tomara que possa escutá-los, porque potencial ele tem”, completou.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes