Invasão ao Maracanã completa 39 anos neste sábado

Invasão ao Maracanã completa 39 anos neste sábado

Por Meu Timão

1.5 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

05 de dezembro de 1976: a primeira Invasão Corinthiana

05 de dezembro de 1976: a primeira Invasão Corinthiana

Foto: Divulgação

Há exatos 39 anos, a torcida do Corinthians protagonizava uma das histórias mais incríveis do futebol brasileiro. Em 1976, o Timão chegou à semifinal do Campeonato Brasileiro e teve de enfrentar o Fluminense, tido como a melhor equipe da época. Não o bastante, a chamada “Máquina Tricolor” contava com o craque Rivellino, que havia deixado o Parque São Jorge no ano anterior.

Para promover o confronto, o então presidente do time das Laranjeiras, Francisco Horta, provocou a Fiel torcida e ofertou metade da carga de ingressos ao Corinthians. O dirigente, no entanto, acabou surpreendido com a força dos corinthianos – ao menos 70 mil “loucos” saíram de São Paulo rumo ao Rio de Janeiro para acompanhar o Timão, que não conquistava um título havia 22 anos.

No dia 05 de dezembro daquele ano, milhares de torcedores do Corinthians invadiram a cidade carioca e dividiram as arquibancadas do estádio do Maracanã ao meio. O time alvinegro, sem “estrelas”, era formado por: Tobias; Zé Maria, Moisés, Zé Eduardo e Wladimir; Ruço, Givanildo e Neca; Waguinho, Geraldão e Romeu. Apesar da festa da Fiel, o Fluminense abriu o placar com Pintinho.

A equipe do Parque São Jorge não sentiu o golpe e empatou o duelo antes do fim do primeiro tempo com o meia Ruço. Durante o intervalo, a chuva que já incomodava se transformou num temporal, deixando o clássico amarrado até o término da etapa complementar. Com o 1 a 1, a classificação para a final do Brasileirão seria decidida nas penalidades máximas. Naquele momento, Tobias virou um gigante.

O goleiro do Corinthians defendeu duas cobranças – ou três, já que o árbitro anulou a tentativa de Rodrigues Neto, do Fluminense. “Eu tinha que escolher um canto, né? Aí, mandou voltar, cara... Aí, ele voltou, bateu e eu peguei novamente. Na segunda cobrança, o Carlos Alberto bateu e eu peguei. Aí, já caiu uns dez no fosso, o cara já foi pra UTI (risos)”, conta Tobias, em entrevista ao Esporte Espetacular.

Sem errar nenhum pênalti, o Timão derrotou o adversário carioca e fez a multidão corinthiana viver um dia inesquecível no Maracanã. Ao todo, 146.043 pessoas pagaram ingresso para ver o confronto, maior público pagante que já assistiu a uma partida do time do Parque São Jorge. Apesar da semifinal histórica, o Corinthians acabou derrotado pelo Internacional por 2 a 0 na decisão e deixou o fim do “tabu” para o Campeonato Paulista de 1977.

Confira a publicação do Timão no Facebook sobre a Invasão Corinthiana

Um dia histórico! O 05 de dezembro está marcado como uma das principais datas da história do Timão, pois em 1976 a Fiel...

Posted by SC Corinthians Paulista on Sábado, 5 de dezembro de 2015

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes