Jornal francês diz que Monaco quer vender Boschilia para pagar Felipe

Jornal francês diz que Monaco quer vender Boschilia para pagar Felipe

Por Meu Timão

Tido como um dos principais jogadores do Timão na temporada, Felipe está na mira do Monaco

Tido como um dos principais jogadores do Timão na temporada, Felipe está na mira do Monaco

Foto: Agência Corinthians

Pivô de uma recente polêmica com o Corinthians, o meia Gabriel Boschilia pode virar moeda de troca na França. Depois de desembolsar 9 milhões de euros pelo ex-jogador do São Paulo, o Monaco pretende vendê-lo para contratar o zagueiro Felipe, em grande fase no Timão. A informação é do jornal francês Nordéclair.

Segundo a publicação, o clube planeja acertar com dois reforços para a próxima temporada: um defensor e um atacante. Titular durante toda a campanha do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o beque de 26 anos é visto com bons olhos no Velho Continente. No último dia 23, a diretoria alvinegra teria recusado uma oferta de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15,2 milhões) pelo atleta.

Pouco tempo depois de se transferir ao Monaco, Boschilia protagonizou uma brincadeira de mau gosto com o Timão. Em uma rede social, o brasileiro compartilhou uma montagem que afirmava que o clube paulista era sinônimo de ladrão/roubo. “Podia estar roubando, podia estar matando, mas estou só zoando!”, dizia a legenda.

Em resposta, o Corinthians lamentou o post, ironizou o jogador e ainda zoou o São Paulo, sua ex-equipe. “O freguês costuma ter sempre razão, mas... @Boschilia, jogou aonde? Ganhou o que mesmo?”, disparou o perfil oficial do Timão no Twitter. Arrependido, o meia pediu desculpas e afirmou que a intenção da brincadeira era “interagir com seus seguidores”.

Especulado no Monaco, Felipe é um dos principais jogadores do elenco alvinegro. Integrante da defesa menos vazada do Brasileirão 2015, ele tem contrato com o Corinthians até o fim da temporada de 2018 – em maio, a diretoria do time paulista renovou o vínculo do atleta, antes válido até agosto de 2016, por conta de suas boas atuações.

Meses depois, para evitar prejuízos em uma eventual venda, o Timão acertou com o Banco BMG a compra de mais 20% dos direitos econômicos de Felipe. Com o acordo, o clube alvinegro passou a ter 70% do valor de uma futura transferência do beque, alvo também de Atalanta e Napoli.

Já em agosto, o Corinthians estipulou o preço mínimo de R$ 22 milhões para liberar o defensor. Os italianos, por sua vez, sinalizaram uma proposta de R$ 15 milhões, valor considerado baixo pelo atleta. Além disso, o técnico Tite, que mantém boa relação com a diretoria, se opôs à saída de Felipe na época.

Veja Mais:

  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade concedeu entrevista nesta segunda no Parque São Jorge

    Após se livrar de impeachment, Roberto de Andrade sugere tentativa de golpe no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho deve ser uma das opções para o Corinthians no BR-17

    Corinthians tem Chape e clássicos logo no começo; veja a tabela completa do BR-17

    ver detalhes
  • Patch que será usado pelos jogadores no Dérbi de quarta-feira

    Rivalidade à parte: Corinthians e Palmeiras se unem e usarão logo no clássico

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes