Depois de estrear com derrota, Tite lamenta desmanche: 'A China nos ferrou'

Depois de estrear com derrota, Tite lamenta desmanche: 'A China nos ferrou'

Por Meu Timão, da Flórida (EUA)

O técnico Tite tratou a derrota do Corinthians para o Atlético-MG com franqueza. Depois de estrear a temporada de 2016 com um revés, neste domingo, em Boca Raton (EUA), o comandante lamentou o fato do futebol chinês ter tirado as principais peças do hexacampeão brasileiro: Ralf, Jadson e Renato Augusto.

Em entrevista coletiva, Tite foi questionado se estava surpreso com a permanência dos jogadores do Atlético-MG, que terminou o Brasileirão na vice-liderança. “Não me surpreendi, só me fazem invejar um pouquinho o Aguirre (risos)... absolutamente nenhuma carga de responsabilidade maior, tanto Corinthians como Atlético-MG têm a grandeza de conquistas”, explicou.

No entanto, Tite foi franco e lamentou a força da China nesta janela de transferências. “São duas equipes que tiveram entre os três, quatro melhores futebol do ano passado. A China nos ferrou. Não dava pra vender o Jemerson, não? (risos)”, brincou o técnico corinthiano.

O gol da vitória do Atlético-MG foi marcado pelo atacante Hyuri. O Corinthians chegou a ter boas oportunidades no ataque com Ángel Romero, mas não conseguiu balançar a rede atleticana. O Timão volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Shakhtar Donetsk, em Orlando, também pela Florida Cup.

Veja Mais:

  • Gol de Balbuena abriu o placar nesta quarta-feira

    Balbuena e Pedrinho marcam, Corinthians despacha colombianos e avança na Sul-Americana

    ver detalhes
  • Embalado sob o comando de Carille, Timão alcançou marca obtida há 80 anos

    Corinthians de Carille iguala segunda maior invencibilidade da história alvinegra

    ver detalhes
  • Romero em ação contra o Fluminense, no Maracanã

    Fora contra o Patriotas, Romero vira dúvida para o duelo com o Flamengo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Guilherme Arana segue no Corinthians

    Clube espanhol faz oferta milionária por Arana e se torna mais um a ouvir 'não' do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes