Ídolo e herói alvinegro, Basílio completa 67 anos nesta quinta-feira

Ídolo e herói alvinegro, Basílio completa 67 anos nesta quinta-feira

Por Meu Timão

Basílio ficou sete anos no Corinthians

Basílio ficou sete anos no Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Ídolo alvinegro nos anos 70, Basílio completa 67 anos nesta quinta-feira. Por muitos torcedores, o ex-atacante é considerado o autor do gol mais importante da história do Corinthians, na histórica final contra a Ponte Preta em 1977 - que deu o fim do jejum de títulos do Timão, que durava há quase 23 anos.

O gol contra na final do estadual deu para Basílio o apelido de Pé de Anjo - que mais tarde também foi adotado por Marcelinho Carioca. Ficou sete anos atuando no Corinthians - entre 1975 e 1981 - tendo representado o time em 253 partidas e anotando 29 gols.

Em 1979, o ex-jogador conquistou seu segundo Campeonato Paulista no Timão. de novo em cima da Ponte Preta - desta vez os gols na partida final foram marcados por Sócrates e Palhinha. Após se aposentar como jogador, ainda passou no clube alvinegro três vezes na função de treinador - em 1987, 1989 e 1992.

Antes de chegar ao Parque São Jorge, Basílio também foi ídolo na Portuguesa, clube que o revelou para o futebol. Pelo clube do Canindé, o ex-atleta conquistou um Campeonato Paulista em 1973.

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes