Guilherme fala sobre posição, entrosamento e o sistema tático do Timão

51 mil visualizações 94 comentários

Por Meu Timão

Guilherme vai ser o camisa 10 do Corinthians na Copa Libertadores

Guilherme vai ser o camisa 10 do Corinthians na Copa Libertadores

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O meia-atacante Guilherme é um dos reforços do Timão para a temporada 2016. E, apesar da cobrança já esperada da torcida, o novo camisa 10 acredita que a qualidade tática e técnica da equipe será mantida, mesmo com a ausência de seus antecessor Jadson.

Em entrevista ao Bem Amigos, no SporTV, o jogador não escondeu suas preferências dentro de campo: "Minha característica é mais central, atuo melhor pelo meio de campo". Porém, mesmo ainda não sabendo de suprirá a vaga de Jadson - que ocupava um dos lados do campo no esquema 4-1-4-1 -, está confiante para uma boa temporada com a camisa do alvinegro.

"Pra mim ainda não está claro como pode ser. Imagino que deva ser a manutenção de um esquema. Eu disse na minha apresentação que o Corinthians contratou o Guilherme, ele (Tite) sabe das minhas características. Tecnicamente, o torcedor não precisa se preocupar com o nível da equipe, com o Jadson que saiu. Eu me surpreendi muito com o nível do treinamento, muito técnico, muita qualidade. É uma equipe que perdeu muitos jogadores, mas tem uma 'leva' muito boa", afirmou o meia do Corinthians.

Reconhecido pelo poder ofensivo e a qualidade com a bola nos pés, Guilherme chega ao clube para agregar o setor de meio de campo da equipe. Assim como adiantado por Tite, em coletivas concedidas à imprensa, o atleta sabe que a nova missão ao lado do comandante será diferente: "Hoje em dia, no futebol moderno, tem que marcar. Claro que não como Ralf. Hoje em dia os jogadores mais técnicos tem que ter essa humildade, essa parceria. Recompor sempre, estar na marcação, bem posicionado", explicou

Além de Guilherme, outros dois nomes - bem conhecidos do jogador - chegaram à equipe do Parque São Jorge. O centrovante André e o meia Giovanni Augusto, também com passagens pel Atlético-MG, reforçam o ataque do Timão. Com isso, os jogadores, a diretoria do clube e a comissão técnica garantem e estão esperançosos com um entrosamento entre os atletas mesmo ainda sem atuarem juntos pelo novo clube.

"Consegue (ver o entrosamento) porque a gente vem de uma escola que é o Atlético. Tem o mesmo estilo de jogo, a mesma cobrança. No Atlético também tem que sujar o calção. É difícil a gente analisar um grupo de jogadores que acabou de ser campeão", concluiu o camisa 10.

Veja Mais:

  • Jô voltou a ser relacionado após ficar fora contra o Fluminense

    Com Jô e João Pedro, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar o São Paulo

    ver detalhes
  • Róger Guedes, Renato Augusto e Fábio Santos durante o treino do Corinthians deste domingo

    Corinthians encerra a preparação para o Majestoso na tarde deste domingo; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Zoom Fuller retorna ao Corinthians Basquete após três meses de sua saída

    Corinthians anuncia retorno de Zoom Fuller para o time de basquete

    ver detalhes
  • Como jogador, Sylvinho colecionou títulos pelo Corinthians e ajudou a eliminar o São Paulo em semifinal

    Sylvinho e Ceni se enfrentaram sete vezes como jogadores em clássicos entre Corinthians e São Paulo

    ver detalhes
  • Fábio Santos vai ultrapassar o treinador que viu jogar e fazer história na sua atual função

    Sylvinho e Fábio Santos falam ao Meu Timão sobre relação e trajetórias no Corinthians

    ver detalhes
  • Sylvinho falou sobre o aproveitamento do Corinthians em cobranças de escanteio

    Corinthians fez um gol em 135 escanteios no Brasileirão; Sylvinho fala em novas estratégias

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x