Com provocação elegante, telão da Arena lembra goleada no clássico

13 mil visualizações 50 comentários

Antes da bola rolar entre Corinthians e São Paulo neste domingo, o "Maluco do Telão" voltou a atacar na Arena. Desde a abertura dos portões, o telão ficou exibindo uma mensagem relembrando o 6 a 1.

No canto direito dos dois telões, de tempo em tempo, eram exibidas imagens da goleada. A mensagem, que virou até camiseta, exibia o nome de todos os jogadores que marcaram gols e até o de Cássio, que defendeu um pênalti.

"B. Henrique & Romero & E. Dracena & Lucca & Romero & Cristian & Cássio Pegando Pênalti", foi exibido no telão. Todas as vezes que a imagem aparecia, a Fiel aplaudia.

Esse é o primeiro encontro entre as duas equipes depois da goleada histórica. Além do 6 a 1, o jogo ficou marcado por ser a partida da entrega da taça de campeão do Brasileiro para o Corinthians.

Confira a imagem do telão da Arena Corinthians

Veja Mais:

  • Matheus Davó está integrado ao elenco de Tiago Nunes desde o começo de 2020

    Contratação de Davó coleciona gafes no Corinthians desde o ano passado; veja lista

    ver detalhes
  • Victor Cantillo é um dos destaques do Corinthians em 2020

    Diretor tranquiliza Fiel e garante que Corinthians tem verba para pagar ex-clube de Cantillo

    ver detalhes
  • Evento na Arena Corinthians exibe uniforme com logo preto e branco

    Evento na Arena Corinthians exibe nova camisa com patrocínio em preto e branco; entenda

    ver detalhes
  • Colombiano Yony González durante o treino no CT Joaquim Grava

    Compra de Yony: diretor financeiro do Corinthians contradiz diretor de futebol do clube

    ver detalhes
  • Tiago Nunes comanda último treino do Corinthians na semana

    Corinthians trabalha cruzamentos e atividade tática em último treino da semana; veja fotos

    ver detalhes
  • Em 1920, o Corinthians goleou o Santos por 11 a 0

    11 a 0: Há exatos 100 anos, Corinthians batia o Santos e aplicava a maior goleada de sua história

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: