Chicão elogia dupla de zaga do Timão, mas pede paciência a Fiel

Chicão elogia dupla de zaga do Timão, mas pede paciência a Fiel

Por Meu Timão

Chicão passou quase seis anos no Corinthians e conquistou oito títulos

Chicão passou quase seis anos no Corinthians e conquistou oito títulos

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Campeão da Libertadores de 2012 pelo Corinthians, o zagueiro Chicão segue de olho no desempenho do Timão mesmo dois anos e meio após deixar o clube alvinegro. Em entrevista à Fox Sports, o ex-camisa 3 do clube analisou a atual dupla de zaga titular alvinegra.

Apesar de elogiar Felipe, com quem trabalhou no Corinthians de 2012 a 2013, e Yago, Chicão pediu calma à Fiel. Com a saída de Gil e Edu Dracena e a chegada de Balbuena e Vilson, o setor defensivo do Timão ainda tem de "encontrar o melhor rendimento", segundo o beque.

"O Felipe já mostrou que tem qualidade, e o Yago, apesar de ser um menino que está começando, já tem experiência por ter treinado com jogadores mais velhos. Além disso, demonstrou que tem qualidade para atuar na Libertadores", disse Chicão, que atualmente joga no futebol indiano.

"O que a gente pede, olhando de fora, é que a torcida tenha calma e paciência, porque altos e baixos serão comuns até que eles encontrem o melhor rendimento. De qualquer forma, acredito que é uma dupla que pode render muito, e crescer cada vez mais", completou o defensor, hoje com 34 anos.

No Corinthians de 2008 a 2013, Chicão se tornou ídolo da Fiel ao conquistar nada menos do que oito títulos com a camisa alvinegra. Um deles foi justamente a Libertadores de 2012. E na opinião do ex-camisa 3, a equipe de 2016 tem potencial para brigar pelo título.

"É sempre muito difícil montar uma equipe no decorrer de uma competição. Porém, não será a primeira vez que o Corinthians precisará fazer isso, e o Tite já provou que consegue. A torcida vai precisar ter paciência, porque é complicado ser cobrado para ganhar enquanto o time está sendo remontado, mas eu acredito que o elenco tem tudo para crescer no torneio e brigar pelo título", comentou, se referindo ao desmanche sofrido pelo Corinthians no início do ano, quando seis então titulares deixaram o clube.

Veja Mais:

  • Timão conquistou Paulistão sobre a Ponte Preta; times voltam a se enfrentar logo na abertura de 2018

    Corinthians e Ponte Preta reeditam final na abertura do Paulistão 2018; veja a tabela

    ver detalhes
  • Os 10 momentos mais marcantes do Hepta

    VÍDEO: Os 10 momentos mais marcantes do Hepta

    ver detalhes
  • Alessandro Nunes e Roberto de Andrade são responsáveis por formar elenco de 2018

    Presidente do Corinthians estabelece número ideal de contratações para 2018 e promete time forte

    ver detalhes
  • Timão encara o arquirrival Palmeiras na ida da final da Copa do Brasil

    Com entrada gratuita, Arena Corinthians recebe decisão do Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes