Tite justifica escolha de Alan Mineiro, mas evita comparação com Giovanni

Tite justifica escolha de Alan Mineiro, mas evita comparação com Giovanni

Por Lucas Mariano

Tite afirmou que não escalou Romero pro preferência tática

Tite afirmou que não escalou Romero pro preferência tática

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Tite confirmou nesta sexta-feira que Alan Mineiro será o substituto de Giovanni Augusto, que está machucado e desfalcará a equipe até um mês. Em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava após a última atividade antes do jogo contra o Audax, o treinador justificou sua escolha como uma opção tática.

“Posição e função. Alan Mineiro é jogador de armação e meio-campista. Romero é atacante. A função fica diferente e com um meia a menos no meio-campo. É o modelo da equipe que vem ao longo do tempo, quatro meio-campistas e dois atacantes. O Romero disputa mais a vaga com o Lucca, mas eventualmente podemos jogar com três atacantes”, explicou Tite.

A explicação veio após o treinador ser questionado sobre por que não escalar Romero, o artilheiro da equipe na temporada. Assim como já falou em outras entrevistas, ele ressaltou a importância de manter o 4-1-4-1 com dois atacantes e quatro meias.

Apesar de justificar a escolha, Tite evitou fazer grandes comparações sobre as características de Alan Mineiro e Giovanni Augusto.

“Os dois são articuladores, armadores, meia-ofensivas. O resto fica por vocês (jornalistas)..”, concluiu o comandante corinthiano.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes