Corinthians encerra Paulistão com maior média de público, ocupação e renda; veja números

Corinthians encerra Paulistão com maior média de público, ocupação e renda; veja números

Por Meu Timão

46 mil visualizações 92 comentários Comunicar erro

Torcida do Corinthians foi responsável por colocar o clube na liderança das estatísticas do Paulistão

Torcida do Corinthians foi responsável por colocar o clube na liderança das estatísticas do Paulistão

Foto: Agência Corinthians

Depois de empatar em 2 a 2 com o Osasco Audax no tempo normal e ser derrotado nos pênaltis por 4 a 1, o Corinthians encerrou participação no Campeonato Paulista 2016. Se o time comandado por Tite não obteve a chance de disputar o título, a torcida corinthiana fez seu papel e garantiu números dignos de um verdadeiro campeão ao clube do Parque São Jorge.

Mesmo com as finais ainda a ser disputadas, a maior média de público pagante do Paulistão foi registrada pelo Timão, que recebeu exatos 30.981 corinthianos na Arena em Itaquera por jogo. O arquirrival Palmeiras colocou 20.270 torcedores por confronto em sua casa e ficou com a segunda melhor marca, enquanto o Santos, que enfrentará o Audax na decisão estadual, completa o top 3.

Não o bastante, o Corinthians manteve as marcas atingidas no ano passado, quando conquistou o hexacampeonato nacional, e deixou o Paulistão liderando os rankings de ocupação média e renda bruta. A efeito de comparação, a equipe paulistana garantiu 68% de lotação da Arena por rodada, à frente do Oeste (63%) – a média de público do clube de Itápolis é de apenas 6.652 – e do Palmeiras (49%).

Como esperado, a receita alvinegra também foi superior à dos outros 19 participantes do atual Campeonato Paulista. Em dez embates em Itaquera, o Timão arrecadou R$ 16.549.200 brutos, número maior que o dobro do embolsado pelo Palmeiras (R$ 7.910.417), por exemplo. O Santos, assim como em outros quesitos, ficou na terceira posição, com R$ 3.313.250 faturados.

E o São Paulo? – Goleado por 4 a 1 nas quartas de final pelo mesmo Audax, o São Paulo obteve lucro 200 vezes menor que o do Corinthians. Levando em conta os oito jogos que fez como mandante, o time do Morumbi ficou no prejuízo, acumulando R$ 19 mil negativos. A renda da partida ante o Audax, em Osasco, no entanto, foi dividida entre os clubes, como prevê o regulamento, salvando a agremiação da Barra Funda de passar vexame ainda maior.

Confira os cinco clubes com maior média de público e renda

1º - Corinthians: 30.981 - R$ 16.549.200
2º - Palmeiras: 20.270 - R$ 7.910.417
3º - Santos: 9.891 - R$ 3.313.250
4º - São Paulo: 7.256 - R$ 2.213.071
5º - Botafogo-SP: 6.956 - R$ 1.731.465

Veja os cinco times com maior ocupação média

1º - Corinthians: 68%
2º - Oeste: 63%
3º - Palmeiras: 49%
4º - Santos: 48%
5º - Audax-SP: 41%

Fonte: App Globo Esporte

Veja Mais:

  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes
  • Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, falou sobre a ausência de Fagner

    Na esteira de rivais, Corinthians também reclama da convocação de Fagner: 'Não ficamos satisfeitos'

    ver detalhes
  • Corinthians tem campanha irregular no Brasileiro nas mãos de Loss

    Fiel dispara contra Loss na web após derrota do Corinthians; veja melhores comentários

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes