Lucca fala sobre saída do time titular e garante que não se acomodou

Lucca fala sobre saída do time titular e garante que não se acomodou

Por Meu Timão

Lucca balançou as redes na última partida do Corinthians, contra o Nacional

Lucca balançou as redes na última partida do Corinthians, contra o Nacional

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians segue em ritmo intenso de preparação visando a estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Grêmio. No treinamento na manhã desta quarta-feira, o técnico Tite promoveu uma mudança na equipe titular e optou pela entrada de Romero no lugar de Lucca, criando expectativas sobre uma possível mudança na escalação.

Lucca, que ao final das atividades participou da entrevista coletiva, falou sobre a vaga em aberto e ressaltou o comprometimento do trabalho de Romero, principal concorrente pela vaga. Com sete gols marcados em 2016, o paraguaio é o artilheiro do Corinthians na temporada.

“Primeiramente, fico feliz pelo momento do Romero. Está com um uma confiança boa. Isso me deixa feliz. É uma briga sadia. Somos amigos. Independente de quem jogar, vai haver respeito. Ele me respeitou enquanto eu jogava. Se ele vai ter a oportunidade, o professor vai definir, mas vou respeitar. É um cara que trabalha bastante e merece a oportunidade”, declarou.

Em relação à uma possível acomodação após assinar seu contrato com o clube, o camisa 30 garantiu comprometimento no trabalho e a busca pela evolução. “O torcedor é fanático. Às vezes vai falar da boca para fora. Ele é fanático, tem que respeitar. Em nenhum momento me acomodei. Venho trabalhando bastante no dia a dia. Às vezes as coisas não saem como a gente quer, então temos que ter sabedoria para lidar com essas situações. Tem que pegar as críticas construtivas para tentar melhorar. O torcedor pensa o que quer, mas às vezes tem que olhar o treinamento”, acrescentou Lucca.

Questionado sobre a necessidade de modificações na equipe depois das duas eliminações em sequência, o atacante analisou a possibilidade, mas pediu cautela quanto à cobrança excessiva de alguns torcedores.

“Eu entendo, mas se você vir os grandes times, quase todos tem a permanência, a sequência. Entendo, mas às vezes o torcedor fala mais da boca para fora porque acaba não acompanhando o dia a dia. Nos grandes times tem a sequência e o time acaba encaixando. Nosso time está indo bem e todo mundo tentando fazer o máximo independente do que aconteceu. Estamos cientes que precisamos melhorar para o Campeonato Brasileiro”, finalizou.

Corinthians e Grêmio se enfrentam neste domingo, às 16h, em Itaquera. O duelo é válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes