Com apoio da Fiel, Vilson vê titularidade passageira se aproximar

Com apoio da Fiel, Vilson vê titularidade passageira se aproximar

Por Lucas Mariano

Com ida de Balbuena para a Seleção, Vilson deve ganhar a vaga

Com ida de Balbuena para a Seleção, Vilson deve ganhar a vaga

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Oficialmente apresentado como jogador do Corinthians em janeiro deste ano, Vilson está próximo de ter sua maior chance no clube. Mesmo não sendo a principal opção para a defesa corinthiana, ele contou com a “sorte” e agora sabe que terá que mostrar trabalho para passar uma boa impressão a Tite e, no futuro, ter mais chances na equipe.

Neste domingo, o zagueiro assistirá à partida contra o Vitória, no Barradão, do banco de reservas, mas sabendo que deve estar em campo na próxima quinta-feira, contra a Ponte Preta.

A entrada de Vilson é esperada devido a dois fatores recentes: a suspensão de Yago e a convocação de Balbuena para defender a Seleção Paraguaia. Sem o zagueiro titular e a principal opção de substituição, Tite terá que recorrer a Vilson, que compete com Pedro Henrique pela vaga. Em enquete realizada pelo Meu Timão, o jogador tem o apoio da Fiel.

Mesmo que tenha bons desempenhos, dificilmente Vilson será mantido no time titular após o retorno de Balbuena e Yago. Porém ele sabe que boas atuações podem mudar a forma como é visto no clube. Com a eminente saída de Felipe, Balbuena é o mais cotado para assumir a titularidade, o que deixaria Vilson com o posto de primeiro reserva. Por isso, um desempenho é fundamental para que a diretoria não passe a tratar como prioridade a contratação de um zagueiro, o que novamente diminuiria seu espaço.

Como teve o pedido de reconsideração negado pela Federação Paulista de Futebol, Yago segue tendo que cumprir 30 dias de suspensão por ter diso flagrado em um exame antidoping. Após esse período, ele deve poder voltar a jogar no clássico contra o Palmeiras, no dia 12 de junho. Com Balbuena fora a partir desta segunda-feira, serão pelo menos quatro jogos sem os dois zagueiros.

Sendo utilizado quando Tite optou por formações alterativas durante o início desta temporada, Vilson atuou em cinco jogos e soma quatro vitórias e um empate.

Veja Mais:

  • E o Jô? Tem ou não tem motivo para sorrir?

    Corinthians cutuca adversários e ironiza choradeira pelo calendário: 'Aqui não tem mimimi'

    ver detalhes
  • Meia Jadson pode voltar ao Corinthians no sábado; Pablo segue fora

    DM do Corinthians esvazia após 'semana light'; veja quem ainda se recupera

    ver detalhes
  • Balbuena segue como xerife do Corinthians

    Representante de Balbuena revela valor de oferta italiana recusada pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fiel Torcedor está cada vez mais perto de voltar a ser o maior do país

    Em uma semana, mais de mil novos sócios aproximam Corinthians de primeiro lugar no Torcedômetro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes