Sem poder jogar, Yago treina separado do grupo no CT Joaquim Grava

Sem poder jogar, Yago treina separado do grupo no CT Joaquim Grava

Por Lucas Mariano

Yago treinou ao lado de Rildo nesta quinta-feira

Yago treinou ao lado de Rildo nesta quinta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Proibido de jogar por estar suspenso preventivamente, Yago treinou separado do grupo nesta quinta-feira, na reapresentação do Corinthians após a vitória sobre o Santos. Durante a atividade, o zagueiro fez um trabalho em outro gramado ao lado de Rildo, que se recupera de uma lesão ligamentar no tornozelo.

Apesar de não estar à disposição de Tite por ter sido flagrado em um exame antidoping, o que motivou Yago ter sido separado do grupo foi justamente o tornozelo. Com dores no local, o zagueiro foi poupado da atividade e fez apenas um reforço físico ao lado do atacante.

No entanto, mesmo não podendo jogar, o jogador que era titular do Corinthians tem treinado normalmente com o grupo durante o período que está suspenso.

Sem atuar desde o dia 4 de maio, quando participou do empate contra o Nacional pela Copa Libertadores, Yago tinha seu julgamento marcado para o dia 30 de maio. Porém, o Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol adiou o caso para o dia 6 de junho. Em seu lugar, o zagueiro Vilson tem atuado como titular e correspondido às expectativas.

Veja Mais:

  • Jogadores usaram máscaras em brincadeira do Corinthians

    Em clima de Carnaval, Corinthians provoca e dá máscaras para Gabriel e Maycon

    ver detalhes
  • Vitor Hugo publicou vídeo nesta quinta-feira

    Em rede social, Vitor Hugo publica vídeo com pedido de desculpas a Pablo; confira

    ver detalhes
  • Corinthians e Santos ainda não se enfrentaram em 2017

    FPF altera horário do clássico entre Corinthians e Santos na Arena

    ver detalhes
  • Thiago Duarte Peixoto será afastado dos gramados e passará por avaliação na FPF

    Após assumir erro, árbitro de Dérbi é afastado e passa por avaliação na FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes