Sem poder jogar, Yago treina separado do grupo no CT Joaquim Grava

Sem poder jogar, Yago treina separado do grupo no CT Joaquim Grava

Por Lucas Mariano

Yago treinou ao lado de Rildo nesta quinta-feira

Yago treinou ao lado de Rildo nesta quinta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Proibido de jogar por estar suspenso preventivamente, Yago treinou separado do grupo nesta quinta-feira, na reapresentação do Corinthians após a vitória sobre o Santos. Durante a atividade, o zagueiro fez um trabalho em outro gramado ao lado de Rildo, que se recupera de uma lesão ligamentar no tornozelo.

Apesar de não estar à disposição de Tite por ter sido flagrado em um exame antidoping, o que motivou Yago ter sido separado do grupo foi justamente o tornozelo. Com dores no local, o zagueiro foi poupado da atividade e fez apenas um reforço físico ao lado do atacante.

No entanto, mesmo não podendo jogar, o jogador que era titular do Corinthians tem treinado normalmente com o grupo durante o período que está suspenso.

Sem atuar desde o dia 4 de maio, quando participou do empate contra o Nacional pela Copa Libertadores, Yago tinha seu julgamento marcado para o dia 30 de maio. Porém, o Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol adiou o caso para o dia 6 de junho. Em seu lugar, o zagueiro Vilson tem atuado como titular e correspondido às expectativas.

Veja Mais:

  • Com a 9 corinthiana, Luizão foi artilheiro da Libertadores de 2000, com 15 gols

    Ao Meu Timão, Luizão fala da busca do Corinthians por centroavante: 'Se cavar, acha na Argentina'

    ver detalhes
  • Camacho (à dir.) ganhou oportunidade entre os titulares no treino desta sexta

    Carille esboça time titular com uma troca; chance de mudança no esquema existe

    ver detalhes
  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes