Gol de Emerson Sheik contra o Santos pela Libertadores completa quatro anos

Gol de Emerson Sheik contra o Santos pela Libertadores completa quatro anos

Por Meu Timão

Camisa 11 do Corinthians foi o responsável pelo único gol da partida

Camisa 11 do Corinthians foi o responsável pelo único gol da partida

Foto: Agência Corinthians

Há exatos quatro anos, no dia 13 de junho de 2012, o Timão vencia o Santos em plena Vila Belmiro por 1 a 0, no duelo válido pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores. Com um lindo gol de Emerson Sheik, o Timão abriu caminho para a classificação à decisão da competição continental, na partida que ficou marcada na memória de todos os corinthianos.

Mesmo jogando na casa do adversário, em um clássico estadual, a equipe comandada pelo técnico Tite não descartou as jogadas ofensivas e foi em busca do gol. Em um confronto estudado e de muito equilíbrio, o Corinthians soube aproveitar uma das poucas chances e construir a vantagem sobre o Santos, liderado por Neymar, Paulo Henrique Ganso e Elano, e visto como clube sensação na época.

O gol do Timão começou nos pés de Alex, que iniciou a jogada no meio de campo. O meia tocou para Paulinho, na sequência, o camisa 8 avançou com a bola e achou Emerson Sheik livre na esquerda. Mesmo de longe, próximo ao bico da área, o atacante teve tempo de dominar e acertar um lindo chute no ângulo de Rafael, sem chances de defesa para o goleiro santista.

Mesmo com o alívio do gol, o Corinthians encontrou diversas dificuldades até o apito final. Muito acionado na segunda etapa, Cássio foi um dos grandes responsáveis pelo triunfo. O goleiro corinthiano, recentemente titular na posição até então, se portou bem diante das tentativas santistas. Com um jogador a menos depois de Emerson receber o cartão vermelho, o Timão se segurou como pôde até o apito final.

No segundo e decisivo encontro entre Corinthians e Santos, no Pacaembu, o Timão saiu em desvantagem, mas conseguiu empatar e garantir a classificação para a decisão do torneio. Com Neymar, o Santos abriu o placar e igualou o placar agregado. Mas, no início da segunda etapa, após cobrança de falta, Danilo empatou a partida e deu números finais, garantindo o Corinthians na final da Libertadores diante do Boca Juniors.

Veja Mais:

  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Guilherme foi o destaque da atividade coletiva pelo segundo dia consecutivo

    Dupla volta, e Oswaldo vê time titular brilhar em treino do Corinthians; veja a escalação

    ver detalhes
  • Sanchez denunciou também que Odebrecht abriu portas da Arena a repórteres, para mostrar 'somente o que quer'

    Andrés Sanchez se pronuncia sobre auditoria da Arena e critica Corinthians

    ver detalhes
  • Wagner pode reforçar o Corinthians em 2017

    Agente explica situação de Wagner e diz ter acerto contratual com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes