Giovanni Augusto reconhece que está devendo futebol no Corinthians

Giovanni Augusto reconhece que está devendo futebol no Corinthians

Por Meu Timão

Para Giovanni Augusto, retomar bom futebol 'é questão de tempo'

Para Giovanni Augusto, retomar bom futebol 'é questão de tempo'

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O meio-campista Giovanni Augusto admitiu que não vive seu melhor momento com a camisa do Corinthians. Ele caiu de rendimento quando passou da direita para a faixa central na armação das jogadas, mas se recusou a atribuir a queda ao posicionamento adotado sob comando de Cristóvão Borges.

“Eu reconheço que não estou jogando bem. Posso jogar mais”, resumiu o paraense. “Não me incomoda essa posição, gosto de jogar por ali, jogava assim no ano passado. Tenho a consciência de que posso render mais nessa função, e é o que tenho procurado fazer nos treinamentos. Tenho certeza de que vou voltar a desempenhar um bom futebol.”

Um dos motivos apontados por Giovanni por sua atuação fraca no empate com o São Paulo, no último domingo, foi a questão física. Ele perdeu boa parte dos treinamentos da semana passada com dores musculares e acabou sendo presa fácil para os volantes tricolores. Por isso, foi substituído por Guilherme, que ameaça sua posição de titular.

“O Guilherme é um jogador que eu conheço bastante, há muito tempo. É um cara que tem uma qualidade impressionante. Eu acho que isso faz bem para o grupo, faz bem para o treinador ter essa dúvida. Nós temos que provar nos jogos e nos treinos, no dia a dia, quem merece ser titular. O mais importante é que a gente tem uma competição sadia”, disse o meia.

Com a semana livre para treinamentos, o camisa 17 espera chegar em melhores condições ao jogo de sábado, contra o Figueirense, na Arena Corinthians. A ideia é fazer trabalhos mais firmes antes do confronto com o time catarinense, pelo qual marcou justamente o primeiro gol da história do estádio de Itaquera.

“Você tem que estar bem fisicamente para poder render, e eu tenho consciência de que não estou fazendo o melhor que posso. Espero, no dia a dia, aumentar a minha carga de trabalho e aumentar a minha confiança para que eu possa fazer bons jogos de novo”, afirmou Giovanni Augusto, procurando mostrar otimismo: “Eu acho que é só questão de tempo”.

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes