Roberto nega prejuízo com saídas, mas lamenta montagem de 'novo time'

Roberto nega prejuízo com saídas, mas lamenta montagem de 'novo time'

Por Meu Timão

Roberto de Andrade vê maior prejuízo em perder atletas que deram certo no Timão

Roberto de Andrade vê maior prejuízo em perder atletas que deram certo no Timão

Foto: Meu Timão

Após confirmar a saída de Bruno Henrique, Luciano e André, o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, fez um breve pronunciamento a respeito do panorama financeiro do clube. Em entrevista coletiva, o mandatário disse que as negociações não tiveram o objetivo de diminuir a folha de salarial do Timão.

“Contingência de marcado, não foi pra aliviar folha nenhuma. Se fosse pensando nisso, não iríamos trazer nenhum atleta. É por contingência, por vontade do atleta. A ideia não é essa, baixar folha, nada disso”, declarou.

Roberto de Andrade continuou alegando que parte do dinheiro do empréstimo de Luciano e das vendas de Bruno Henrique e André é revertido ao departamento de futebol, responsável por contratar reforços para a equipe paulista – o volante Jean, do Paraná, e o atacante Gustavo, do Criciúma, devem chegar.

“O dinheiro lógico que entrou no clube. Vendeu-se por 10 milhões de euros, nem sempre tudo é o Corinthians. O torcedor pode ficar tranquilo. Se entrou, também saiu pra montar outro time. O único prejuízo é você abrir mão dos jogadores que deram certo, trazer outros jogadores pra buscar o título, esse é o grande prejuízo. Ninguém vem ao Brasil buscar um jogador mediano, um jogador que não interessa. Por que o Corinthians teve um volume de vendas? Pela qualidade”, argumentou o cartola, que recordou as apostas positivas feitas pelo clube nos últimos anos.

“Nós não trouxemos nenhum medalhão aqui. O Jadson estava encostado no São Paulo, só veio jogar na mão do Tite. O Renato Augusto, cansei de ouvir e ler que ele estava bichado, que só vivia quebrado, e foi esse grande jogador que saiu daqui. Os times vêm, com poder financeiro, buscar aquilo que de melhor temos aqui. Infelizmente ou felizmente, era o Corinthians que reunia os melhores jogadores de qualidade. Fico feliz com isso. Esse não é o primeiro time que estamos fazendo, as reposições sempre foram bem feitas”, frisou.

O Corinthians atualmente ocupa a terceira colocação do Campeonato Brasileiro, vindo de uma vitória na Arena em Itaquera na última rodada da competição nacional. Quando questionado se a diretoria adotaria outra postura em relação à parte financeira caso o Timão não estivesse entre os líderes, o dirigente negou.

“Não está (na parte inferior da tabela). Não falamos em suposição. Temos que falar em realidade. Estamos a três pontos do líder. Possa vir a ficar, pode ser que aconteça outras coisas diferentes”, finalizou.

Veja Mais:

  • Jô marcou o gol da vitória do Corinthians

    Artilheiro Jô marca no fim, e Corinthians supera Chapecoense na Arena Condá

    ver detalhes
  • Jô assegurou vitória do Corinthians em Chapecó

    Líder absoluto, Corinthians abre dez pontos de diferença para segundo colocado

    ver detalhes
  • Léo Santos jogou no lugar de Balbuena, que está suspenso e machucado

    Prata da casa supera até Jô e é eleito craque da vitória do Corinthians sobre Chapecoense

    ver detalhes
  • Guilherme Arana está lesionado

    Possível nova oferta por Arana não abala diretoria do Corinthians: 'Ninguém sai até dezembro!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes