Vampeta reprova pressão e analisa trabalho de Cristóvão Borges

Vampeta reprova pressão e analisa trabalho de Cristóvão Borges

Por Meu Timão

Vampeta saiu em defesa do atual treinador do Corinthians

Vampeta saiu em defesa do atual treinador do Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Eternizado pela Fiel e visto como um dos grandes ídolos do clube em toda a história, o ex-jogador Vampeta fez uma análise da atual situação do Corinthians. Em meio à oscilação de resultados nas últimas partidas e a constante pressão pelo cargo de Cristóvão Borges, Vampeta se manifestou sobre o assunto.

Para o ídolo corinthiano, que saiu em defesa do treinador, a pressão exercida por resultados ao longo do trabalho Cristóvão Borges é desnecessária, a partir da situação da equipe nas competição em que disputa. “A exigência é muito grande em cima do Cristóvão. Uma cornetagem anormal”, disse Vampeta, em participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Na visão do ex-jogador, diversos fatos culminaram para que o rendimento do Corinthians caísse em relação ao do ano passado, quando a equipe faturou o Campeonato Brasileiro. Em meio à saída de jogadores e mudanças na comissão técnica com o calendário de jogos em andamento, Vampeta crê que o trabalho de Cristóvão Borges se assemelha ao dos últimos treinadores do Timão.

“Os jogadores do Corinthians foram embora numa pancada só, aí depois saiu comissão técnica, todo mundo, mesmo assim está em quarto no Brasileiro e conseguiu empatar em 1 a 1 com o Fluminense, fora de casa, pela Copa do Brasil. O Cristóvão não está longe do Tite, do Mano, é uma exigência tremenda, mas se termina hoje a competição fica no G4”, completou.

Depois de empatar por 1 a 1 com o Fluminense no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o Timão volta a campo nesta quinta-feira. A equipe comandada pelo técnico Cristóvão Borges recebe o Sport, às 19h30, na Arena Corinthians, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes