Cássio minimiza críticas e se mostra preparado por pressão

Cássio minimiza críticas e se mostra preparado por pressão

Por Meu Timão

Cássio teve uma atuação de destaque contra o Sport

Cássio teve uma atuação de destaque contra o Sport

Foto: Agência Corinthians

Segundo jogador com mais tempo de clube – perdendo apenas para Danilo, que defende o Timão desde 2010 – o goleiro Cássio tem consciência da dimensão do que é ser atleta do Corinthians e de como se esquivar das críticas. Ao final do duelo contra o Sport, que determinou a vitória alvinegra por 3 a 0, o camisa 12 garantiu tranquilidade com o atual momento e minimizou o passado recente, quando teve suas atuações questionadas.

“Estou bem, me sentindo bem. Tem críticas, as pessoas cobram, mas tenho tranquilidade. Sei que por ter saído tantos jogadores a pressão aumenta em mim. É mais fácil cobrar de um jogador que está há mais tempo do que um que está há menos. Mas normal, jogo no Corinthians. Tenho que escutar quem vai agregar, não sou um cara que fica puto com críticas, isso já passou”, declarou.

Presente em cinco conquistas corinthianas ao longo de cinco temporadas, o arqueiro relembrou seu primeiro ano no Timão, e relacionou a escolha pelas críticas dos torcedores com o tempo de clube de cada jogador. “Ao chegar ao clube em 2012 eu era acostumado com elogio e ao escutar uma crítica ficava um pouco chateado, mas hoje não. E tento me privar, não fico vendo tantas críticas. Muita gente pode se aproveitar do momento, da situação, então estou bem focado e concentrado”, acrescentou.

Sacado da equipe titular neste ano por opção técnica de Tite, ainda no início do Campeonato Brasileiro, Cássio retomou seu espaço após a lesão de Walter, já sob o comando de Cristóvão Borges e não voltou mais ao banco de reservas. Satisfeito com o atual momento, o goleiro assegurou maturidade, além de prometer comprometimento com seu trabalho.

“Estou ajudando o Corinthians dentro e fora de campo, com os jogadores novos. Normal, todo mundo tem uma opinião, uma maneira de falar. Faço meu trabalho com dedicação. Não queria ter tomado gols, errado em algum gol, mas é futebol, acontece. Tenho que ter maturidade para quando acontecer isso seguir com a cabeça tranquila e continuar trabalhando”, completou.

Depois do expressivo triunfo sobre o Sport na Arena Corinthians, Cássio reforça o Timão em mais um duelo, desta vez no clássico contra o Santos, no domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Somando 40 pontos, a equipe comandada pelo técnico Cristóvão Borges faz a quarta melhor campanha do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes