Marlone rebate comparações entre Cristóvão e Tite no comando do Timão

Marlone rebate comparações entre Cristóvão e Tite no comando do Timão

Por Meu Timão

Para Marlone, comparações podem atrapalhar trabalho do atual técnico do Timão.

Para Marlone, comparações podem atrapalhar trabalho do atual técnico do Timão.

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Após críticas sobre o técnico Cristóvão Borges, Marlone comentou as comparações do treinador do Corinthians com seu antecessor, Tite. O jogador indicou o início de uma nova era com o atual comandante.

Com a derrota no clássico contra o Santos pelo placar de 2 a 1, deste domingo, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, Cristóvão Borges foi o grande alvo de reclamações em relação ao desempenho do Corinthians na partida. Durante entrevista coletiva concedida no CT Joaquim Grava, nesta segunda-feira, o meia corinthiano Marlone partiu em defesa de seu comandante.

Alegando que comparações constantes com o antigo técnico alvinegro Tite, que agora comanda a Seleção Brasileira, podem vir a atrapalhar o desenvolvimento do atual treinador corinthiano, o jogador ressaltou o começou de um novo capítulo da história do Timão. Destacando treinamentos táticos de Cristóvão com elenco, Marlone continuou argumentando que nem sempre o que se é planejado realmente acontece.

"Às vezes ficar comparando muito o Tite...Ele marcou sua história no Corinthians, foi campeão aqui, é uma nova era. Ficar sempre comparando pode atrapalhar um pouco o trabalho do professor Cristóvão. Tite marcou a história dele no Corinthians. A gente treina bolas paradas, jogadas de escanteio, mas é difícil. Às vezes você planeja uma coisa e não acontece", declarou meia alvinegro.

Sobre o clássico alvinegro, Marlone ressaltou mérito do adversário sobre o resultado, mas indicou que o time precisa de melhoras e caminha para isto neste início desta nova era com Cristóvão Borges no comando.

"Esse jogo contra o Santos foi mérito deles. Ir para cima, esticar bola longa, e venceram. É uma nova era com Cristóvão. Temos de evoluir a cada dia para melhorar", comentou o jogador.

"Quando ganha, ganha todo mundo. Quando perde, perde todo mundo. Erramos todos, questão de detalhe, deixamos escapar a vitória. Agora temos de corrigir e evoluir. Pensar neste jogo de quarta em busca da vitória", acrescentou.

Questionado sobre futuro do Corinthians no Brasileirão, o meia alvinegro deu destaque para a permanência no G4 da competição nacional mesmo com o resultado no litoral paulista. Mesmo reconhecendo que algumas vitórias foram perdidas pela equipe corinthiana, Marlone garantiu que nem tudo está perdido.

"A gente está no G-4, não tem nada perdido, nada entregue. Algumas vitórias escaparam, mas não pode esquecer que estamos no G-4. Enquanto houver esperança, vamos buscar esse título. Todos aqui pensam grande, em busca de títulos. Estamos entre os quatro, vamos sonhar. O pensamento é esse"

O próximo adversário do Timão no Campeonato Brasileiro será diante do Coritiba. A partida será disputada nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Couto Pereira, pela rodada 25 da competição.

Veja Mais:

  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Jô recordou caso em que foi vítima de ofensa racista com Love na Rússia

    Jô lamenta injúria racial no Nilton Santos e lembra episódio na Rússia

    ver detalhes
  • Reforço do Barcelona, Paulinho foi apresentado à torcida e à imprensa nesta quinta-feira

    Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão

    ver detalhes
  • Diante do Grêmio, Paulo Roberto teve melhor atuação com camisa do Corinthians

    Corinthians acerta contratação definitiva de Paulo Roberto, garante diretor

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes