Oswaldo admite Marlone como dúvida no Corinthians e fala sobre possível substituição

Oswaldo admite Marlone como dúvida no Corinthians e fala sobre possível substituição

Por Meu Timão

Marlone deixou treino mais cedo nesta terça-feira

Marlone deixou treino mais cedo nesta terça-feira

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O técnico Oswaldo de Oliveira confirmou que Marlone é dúvida do Corinthians para o jogo desta quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na tarde desta terça-feira, o meia havia deixado o treino mais cedo por conta de dores no tornozelo.

Em entrevista concedida após a atividade, na sala de imprensa do CT Joaquim Grava, o treinador do Corinthians, apesar de admitir Marlone como dúvida, informou que o camisa 8 viaja com a delegação alvinegra para Belo Horizonte e, assim, ainda pode ser escalado como titular do Timão.

"O Marlone tem possibilidade sim e viaja. Ele levou uma pancada forte, tem só dois dias do último jogo. A preferência é de poupá-lo desse treinamento para se recuperar da pancada, e ele é um dos jogadores que vem atuando mais. Foi resguardado hoje, mas viaja conosco", afirmou o treinador corinthiano.

Caso Marlone fique apenas no banco de reservas, a tendência é Marquinhos Gabriel entrar no time, conforme sinalizado pelo treino desta terça-feira. Oswaldo, no entanto, preferiu não cravar o camisa 31 como substituto, alegando que vários jogadores lutam por diferentes posições no elenco alvinegro.

"Temos vários jogadores com características parecidas que podem ser utilizados em várias funções. Não há uma dupla brigando por uma posição. Temos um grupo de sete, oito jogadores que podem ocupar quatro, cinco posições, não ousaria determinar uma disputa de uma dupla", afirmou.

Vale ainda destacar que há a possibilidade de Marquinhos Gabriel, que foi desfalque no último domingo por estar cumprindo suspensão, ser escalado como titular ao lado de Marlone. Neste caso, Oswaldo não quis falar que perderia vaga no meio de campo alvinegro.

"Para amanhã, alguém vai ser substituído. Mas isso é natural, não tem essa questão. Jogamos tantas vezes durante o ano, que é natural que em algumas vezes exista uma alternância", comentou.

Certeza mesmo é que o Corinthians será escalado, a exemplo do que vinha acontecendo desde os tempos de Tite, no esquema 4-1-4-1. Oswaldo de Oliveira enalteceu tal legado deixado no Timão pelo hoje treinador da Seleção Brasileira:

"Enxergo (o 4-1-4-1) como o esquema ideal, sim. A equipe está muito bem postada da maneira que vem jogando, pelas características dos jogadores. É uma coisa que vai se prolongar, embora eu comece a colocar algumas coisas depois, essa parte vai ser mantida."

Veja Mais:

  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Em rede social, Kazim responde Gabriel: 'Pra cima dos bambis'

    Em rede social, Kazim provoca São Paulo antes de clássico: 'Pra cima dos bambis'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes