Corinthians defende um ano de invencibilidade contra o São Paulo

Corinthians defende um ano de invencibilidade contra o São Paulo

Por Meu Timão

1.1 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Romero comemorando um dos gols do Corinthians contra o São Paulo no 6 a 1

Romero comemorando um dos gols do Corinthians contra o São Paulo no 6 a 1

Foto: Reprodução/Blogspot

O Corinthians entra em campo em duelo com o São Paulo neste sábado (05) para buscar seu lugar de volta ao G6, garantir sua vaga na Libertadores em 2017 e defender mais de um ano de invencibilidade contra o rival.

A última vez em que o Timão perdeu para o São Paulo foi em 22 de abril do ano passado, por 2 a 0, no Morumbi pela Libertadores. Desde então foram dois empates e duas vitórias alvinegras sobre o rival.

Uma das duas vitórias do Timão contra o São Paulo foi com o histórico placar 6 a 1. O jogo aconteceu em 22 de novembro de 2015 pela 36ª rodada do Brasileirão, na Arena Corinthians, com gols de Bruno Henrique, dois de Romero, Edu Dracena, Lucca, e Cristian.

A segunda vitória em cima do rival no ano foi em 14 de fevereiro deste ano por 2 a 0, também na Arena, pelo Paulistão.

Já os empates foram ambos por 1 a 1 e pelo Brasileirão 2015 e 2016, em 09 de agosto do ano passado no Morumbi e, na Arena em 17 de julho deste ano.

O próximo Majestoso acontece neste sábado, 05 de novembro, às 19h30, no Morumbi, pela pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Renan Areias (no centro) está no Corinthians desde os seis anos de idade

    Corinthians empresta capitão do Sub-20 para o Red Bull Brasil

    ver detalhes
  • Fessin já marcou três gols pelo Corinthians no Paulista Sub-20

    Fessin marca, Corinthians vence no Paulista Sub-20 e diminui distância para rival

    ver detalhes
  • Corinthians fechou a primeira fase na liderança e invicto no Paulista Feminino

    Corinthians vence Portuguesa e fecha primeira fase do Paulista Feminino líder invicto

    ver detalhes
  • Corinthians de Ronaldo foi eliminado pelo Tolima em 2011 e mesmo assim Tite seguiu como técnico

    Tite/11 x Loss/18: diferenças e semelhanças entre as crises corinthianas comparadas por Andrés

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes