Família divulga provas que inocentam mais um dos presos no Rio de Janeiro

Família divulga provas que inocentam mais um dos presos no Rio de Janeiro

Gustavo, ao lado do enteado e da filha, está preso há mais de uma semana no Rio de Janeiro

Gustavo, ao lado do enteado e da filha, está preso há mais de uma semana no Rio de Janeiro

Foto: Arquivo pessoal

Imagine ser preso por um crime que você não cometeu. É a situação do corinthiano Gustavo Inocêncio Meira Rosário, de 24 anos, detido injustamente na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Bangu, no Rio de Janeiro, após o confronto entre torcedores alvinegros e policiais militares no último dia 23, no estádio do Maracanã.

Natural de Avaré, interior de São Paulo, Gustavo é casado, tem uma filha de um ano e dois meses e um enteado, tratado com filho, e trabalha como garçom em um restaurante na cidade onde mora. Torcedor fanático pelo Timão, ele aproveitou o domingo de folga para conhecer o Maracanã, palco do duelo entre a equipe paulista e o Flamengo pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, por negligência das autoridades presentes na partida, a realização do sonho acabou em pesadelo.

Gustavo foi um dos 31 corinthianos que tiveram a prisão preventiva decretada pela juíza Marcela Caram no dia 25, dois dias após o incidente. Ao Meu Timão, porém, seus familiares apresentaram provas que comprovam sua inocência. “Ele não estava na briga, temos vídeos mostrando que ele estava se evadindo da briga que começou”, conta Bethania Pereira, esposa de Gustavo.

O material, que também circula nas redes sociais há mais de uma semana, mostra Gustavo, de regata branca, se distanciando do estopim do conflito iniciado no setor destinado à torcida do Corinthians. Além do vídeo (assista abaixo), a família reuniu imagens televisivas em que Rosário, à distância, observa atentamente o combate e a truculência da PM.

Após o apito final, Gustavo, assim como o restante da Fiel presente no estádio, foi obrigado a permanecer no local por horas, sem camisa, aguardando revista e suposta análise das imagens. E mesmo sem quaisquer relações com o confronto no Maracanã, foi apontado como culpado por um dos agentes e conduzido à Cidade da Polícia pelo Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) da PM do Rio.

“Depois, à noite, os meninos que foram liberados me ligaram falando que ele tinha sido detido, que tinham – entre parênteses – reconhecido ele na briga”, recorda Bethania, que não fala com o marido desde a tarde daquele domingo. “Nessa hora veio meus filhos na cabeça, a preocupação de saber que ele está em outro estado, de não saber o que vai acontecer. Eu não tinha visto na televisão, não vi o jogo, nada, então a hora que me ligaram veio a preocupação”, relata, aflita.

Assim que soube da prisão do esposo, Bethania deixou Avaré e seguiu para a capital carioca, a fim de viabilizar a liberação de Gustavo, sem sucesso. Contratado pela família do corinthiano, o advogado João Drummond Freitas mantém otimismo sobre o caso. “O habeas corpus foi encaminhado, houve a negativa dos dois primeiros. A desembargadora achou por bem requisitar informações pra posteriormente julgar a liminar, então ela já mudou de posicionamento”, explica.

Segundo o profissional, o processo agora transita no Juizado do Torcedor, e há esperança de que Rosário seja solto em ao menos duas semanas. “Algumas fotos foram usadas no inquérito. Em momento algum essas fotos têm o Gustavo”, rebate. “Eles se basearam no reconhecimento por tatuagem, por características físicas, até porque três policiais jamais conseguiriam reconhecer 30 agressores”, argumenta o advogado, revelando ainda que o processo judicial não conta com material recolhido da transmissão do jogo, o que facilitaria a identificação de cada um dos envolvidos.

Gustavo (em destaque) não participou de confusão com a PM no Maracanã

Gustavo (em destaque) não participou de confusão com a PM no Maracanã

Foto: Reprodução/FOX Sports

“Todos nós somos contra a violência que os policiais sofreram no Rio de Janeiro, ninguém é a favor, ninguém achou bonito isso. Só que nós também não podemos ficar calados, porque temos provas de que há um inocente preso. Por isso criamos essa campanha, estamos tentando de todas as formas fazer com que alguém veja que tem casos de inocentes presos, sim. Que os verdadeiros agressores sejam punidos, e não pessoas de bem”, diz Letícia Pereira Oliveira, cunhada de Gustavo.

Além de Rosário, outro corinthiano que sequer estava no Maracanã no momento da confusão e que foi detido injustamente é André Luis Tavares da Silva, de 39 anos. Como o Meu Timão revelou na última semana, o corretor de seguros acessou o setor visitante somente após o incidente, mas acabou brutalmente agredido com cassetetes pela PM e levado à delegacia. Apesar de inúmeras provas, ele continua preso.

“Você ir a um estádio de futebol não é crime, você pertencer a uma torcida também não é crime. O Gustavo não cometeu nada que justifique a prisão, nada que a Justiça tenha provas de que ele é culpado”, finalizou.

Gustavo e Bethania são torcedores do Timão

Gustavo e Bethania são torcedores do Timão

Foto: Arquivo pessoal

Veja mais em: Corinthianos presos no Rio.

Veja Mais:

  • Diversos torcedores não conseguiram efetuar a troca de ingressos

    Com fila absurda e nova confusão, torcida do Corinthians esgota ingressos para final da LNF

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes
  • Oswaldo negou que seus treinos sejam repetitivos

    Oswaldo volta a sinalizar escalação do Corinthians em coletivo e explica semana de treinos

    ver detalhes
  • Jô está de férias e só volta ao CT Joaquim Grava em janeiro

    Jô é liberado pelo Corinthians para férias e não aparece no CT nesta sexta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Adriano

    Ranking: 197º

    Adriano 2038 comentários

    por @adrianer

    Então até agora, são 2 inocentes
    prova que pm do rio são incompetentes ou canalhas
    ninguém me tira da cabeça que isso é algo pessoal, algo orquestrado, algo combinado

  • Foto do perfil de Diego

    Ranking: 2623º

    Diego 215 comentários

    por @dieegooh

    Espero que ambos processem o Estado e ganhe uma indenização milionária, pois ser preso acaba com a dignidade de qualquer um! Infelizmente acho que esse país não tem mais jeito, pois o sistema é sujo em todas as esferas, política, polícia, justiça comum, justiça desportiva e por aí vai... Infelizmente tá tudo contaminado!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Betinho

    Ranking: 889º

    Betinho 631 comentários

    114º. por @beetinho

    Já fui no Maracanã com os Gaviöes e sei o que passei, eles odeiam paulistas e fazem de tudo para agredir/prejudicar de alguma forma. Quando fui os policiais nos agrediram em frente ao estádio por motivos banais... Vergonhoso que ainda exista este preconceito.

  • Foto do perfil de andre

    Ranking: 3299º

    Andre 162 comentários

    113º. por @andre.vaz

    Beleza solta esse então é prende os que estão na grade brigando, que são muito mais do que 31. Se o vídeo serve pra inocentar, serve também pra condenar

  • Foto do perfil de EDUARDO

    Ranking: 353º

    Eduardo 1293 comentários

    112º. por @dukar02

    Uma vergonha o que estão fazendo.

  • Foto do perfil de Lucas

    Ranking: 93º

    Lucas 3563 comentários

    111º. por @lucas.chagas1

    Lamentável essa situação toda!

  • Foto do perfil de Sergio

    Ranking: 852º

    Sergio 655 comentários

    110º. por @sergio10

    Armaram geral para o Corinthians nessa história

  • Foto do perfil de Freddy

    Ranking: 2976º

    Freddy 184 comentários

    109º. por @kruege

    Cabe agora o advogado agir

  • Foto do perfil de wagner

    Wagner 25 comentários

    108º. por @passarinho122

    Olha, os policiais do rio são despreparados, fui na final do mundia contra o eterno vice do brasi, estavamos conversando na entrada do estádio e do nada a policia carnioca, isso mesmo carnioca, nos sercaram e começaram a dar borrachada na galera, quando percebi eu corri, tivemos problemas com alguns onibus, tivemos que dormir lá e passamos sufoco mais uma vez, como o rio de janeiro esta em crise essa moça que se diz juiza esta tentando tirar o foco e ganhar mais nome que o estado dela, moça, relaxa seu framerda tem mais conhecimento que você, único que eles vão fazer um busto lá é do zico, você quer um busto seu na gavea, fala com o presidente do framerda mas seja justa, se tem inocentes olhas as imagens, faz jus ao nome justiça...
    melhor parar por aqui se não var dar m...

  • Foto do perfil de Leandro

    Ranking: 3984º

    Leandro 125 comentários

    107º. por @leandro.bergamo1

    O que acontece nas ruas, está acontecendo nos estádios. A PM escolhe quem enquadra, em quem da tapa na cara, em que põe a culpa. Queria ver, colocar em público o responsável pelo patrulhamento da corporação no jogo pra explicar a prisão de alguns. E desconfio que não haja mais inocentes no meio como tem nego que devia tá lá na treta e ta suave. O certo pelo certo.

  • Foto do perfil de Kleber

    Ranking: 1757º

    Kleber 334 comentários

    106º. por @palladino

    Mandar a real... Não falo deles porque sei que as bactérias fica fiscalizando sites e fóruns (como esse)... Mas tá na hora das torcidas se unirem e abrir um site onde todos possam denunciar as arbitrariedades das autoridades... O problema não é com noix só... A torcida do Palmares passou por coisa parecida no jogo contra o Botafogo, em Minas então o que fizeram com o torcedor das Marias é um ABSURDO... Torcida do Sport no jogo contra o Santa também... Só alguém criar um site para todos denunciarem... TODOS... Palmeirenses, corinthianos, são paulinos, santistas, cruzeirenses, flamenguistas, sportenses (sei lá se é assim... Rsrs...)... Eu não sou webdesigner, mas poxa vida... Os caras que criaram o meu Timão poderiam se unir nessa... Chega de repressão, de polícia despreparada e de tirar mando de time qd a justiça pública é incapaz de identificar ou barrar criminosos... TÁ ERRADO! TÁ ERRADO DEMAIS! Vamos nos unir...

  • Foto do perfil de Inês

    Ranking: 147ª

    Inês 181 comentários

    105º. por @ines.teleginski

    Tudo isso porque é Corinthians, manter inocentes presos é pura covardia e abuso de poder.