Rosenberg sugere volta ao Corinthians com Sanchez e Citadini

Rosenberg sugere volta ao Corinthians com Sanchez e Citadini

Por Meu Timão

Rosenberg planeja voltar à direção do Corinthians com Andrés Sanchez

Rosenberg planeja voltar à direção do Corinthians com Andrés Sanchez

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os bastidores políticos do Corinthians estão em ebulição. Ex-vice de marketing e ex-vice-presidente do Timão, Luis Paulo Rosenberg revelou que as divergências relativas à administração do clube, enfim, têm refletido no campo. Para o ex-cartola, uma das saídas é Andrés Sanchez, presidente entre 2007 e 2011, além de nome-forte por trás da Arena Corinthians, se candidatar novamente ao cargo após o fim do mandato de Roberto de Andrade, no início de 2018.

Em vídeo divulgado pelo programa Bola da Vez, da ESPN Brasil, na noite dessa terça-feira, Rosenberg falou do carinho que sente por Sanchez, com quem trabalhou desde a queda para a Série B, em 2007, até a conquista do Mundial de Clubes no Japão, em 2012.

“Eu fiz parte dos que puderam observar sua liderança, sua capacidade de delegar, falta de vaidade pessoal. Você é o maior corinthiano que a gente já teve e deu pra Fiel o período de maior glória, maior felicidade de sua história, todos os troféus que a gente ganhou, a festa dos 100 anos, o estádio, Libertadores, Mundial”, iniciou Rosenberg.

O ex-chefe do departamento de marketing do Corinthians lamentou a ruptura entre o clube e a Odebrecht, construtora da Arena em Itaquera. De acordo com o ex-mandatário, a empreiteira não cumpriu à risca o projeto elaborado pelo arquiteto do estádio, Anibal Coutinho.

“E agora a gente está vendo isso que está acontecendo, depois a mediocridade foi se apoderando do clube, as vaidades pessoais, qualquer tipo de frustração que a pessoa tenta resolver entrando no Corinthians, e o resultado está aí. Temos um estádio cheio de problemas, construído por uma empresa que declaradamente tem 80 corruptores confessos, não fizeram o projeto que o Anibal Coutinho e você aprovaram. É uma briga e precisa haver um movimento de união”, defendeu Rosenberg, que foi claro:

Temos que juntar novamente os bons talentos, trazer Felipe Ezabella (advogado) de volta, temos que ter o Roque Citadini (vice-presidente) no mesmo barco, o André Luiz (Oliveira, o ‘André Negão’) batalhando, juntar o que temos de bom. E sua liderança é que pode fazer isso. Não sei se vai dar pra esperar até a eleição, capaz da gente, Deus nos livre, correr o risco de cair pra Série B. Vamos voltar? Volta lá e lidera esse processo, porque a Fiel está sofrendo e ela não merece isso”, finalizou.

Sanchez, então, agradeceu as palavras do amigo e ex-companheiro de clube, mas deixou claro que não pretende se candidatar a presidente outra vez. “Não volto pro Corinthians. Acho que o Corinthians tem que oxigenar, tem pessoas novas para vir. Mas o Luis Paulo pode ficar tranquilo: o (problema) do estádio nós vamos resolver da melhor maneira possível pro clube ser o mínimo prejudicado. Torcedor pode ter certeza disso e não está muito longe, não”, frisou Sanchez, respondendo ainda se o Timão estaria “um passo atrás” dos rivais.

“Isso é um processo que vem de alguns anos. Eu torço pro Roberto acabar seu mandato muito bem. Agora, é difícil, futebol é dinâmico. O Corinthians hoje tem vários grupos, várias lideranças e tudo isso traz um problema. O Corinthians hoje no CT interfere um pouco menos, mas é óbvio, todo esse problema, diz-que-me-diz, ‘o estádio vai cair’. Imagina o jogador que jogar lá, né?”, completou.

Antes de mudar de assunto, Andrés mandou um recado à torcida: “Torcedor corinthiano, pode ficar tranquilo que o Luis Paulo vai voltar ao Corinthians e para ajudar na Arena!”.

Veja mais em: Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho admitiu possível saída do Corinthians

    Rodriguinho cogita saída do Corinthians: 'Vamos sentar e conversar'

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes