Oswaldo de Oliveira explica testes na equipe e rende elogios a volante

Oswaldo de Oliveira explica testes na equipe e rende elogios a volante

Camacho (à esq.) recebeu elogios do técnico Oswaldo de Oliveira

Camacho (à esq.) recebeu elogios do técnico Oswaldo de Oliveira

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Ao menos um jogador está confirmado na escalação do Corinthians que enfrentará o Figueirense na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Florianópolis: Camacho. Em entrevista coletiva na noite desta sexta, no CT Joaquim Grava, o técnico Oswaldo de Oliveira rendeu elogios ao meio-campista.

“O Camacho é um jogador técnico, até pela origem dele, jogava com aquela sensação mais livre. Ele não é um jogador com essa característica forte de marcação, mas enxerga o jogo de trás também. Acho que ele pode fazer uma boa dupla com o Willians, se tivermos mesmo a falta de alguns jogadores”, explicou Oswaldo.

Com Willians de cabeça de área, Camacho ganha liberdade para atuar como segundo volante ao lado de Giovanni Augusto, que vinha desempenhando a função anteriormente. De acordo com Oswaldo, os meias Rodriguinho e Guilherme, fora dos últimos treinos com bola, podem surgir no time para o duelo no Orlando Scarpelli.

“Hoje, sim. Hoje teu raciocínio é perfeito, mas pode ser que amanhã eu mude de ideia, tem uma série de engrenagens que preciso ver. E a principal delas é o estágio que o Rodriguinho voltará para o treino. Assim como Guilherme e Uendel. Temos até quarta-feira. Por isso que estou testando o Rildo e o Giovanni em funções diferentes e o Camacho na função do Giovanni. Vou esperar”, justificou.

Além de Camacho, outro atleta que ganha espaço com Oswaldo é Rildo, atacante que ainda não demonstrou a que veio. Para o técnico corinthiano, o jogador emprestado pela Ponte Preta até o fim do ano tem qualidade e tende a receber oportunidade diante do Figueirense.

“Do ponto de vista técnico, ele (Rildo) treinou bem. Mas do ponto de vista tático, o melhor foi o Camacho, tanto compôs defensivamente, quanto chegou na área adversária. Repetiu o treino de ontem (quinta-feira). Mas nesse aspecto técnico, hoje, o Rildo foi destaque”, disse.

“Ele é um jogador muito decisivo, participativo, mas infelizmente teve lesões. É um jogador de quem gosto. Não conseguiu ainda se firmar, mas é um jogador que pode vir a se firmar, desde que ele consiga ficar mais forte, menos suscetível a contusões, a tendência é ele se firmar. Gosto muito das características dele”, finalizou.

Na luta por uma vaga no G6, Corinthians volta aos trabalhos no CT Joaquim Grava na manhã deste sábado. O time ainda tem três dias de preparação antes do confronto em Santa Catarina.

Veja Mais:

  • Fagner já tem 208 jogos, sete gols e dois títulos pelo Corinthians

    Fagner fala sobre fazer história no Corinthians, revela papo com Léo Príncipe e manda recado à Fiel

    ver detalhes
  • Meia fica fora de treino de bolas paradas e pode iniciar jogo no banco

    Carille ensaia escalação do Corinthians sem Jadson; definição fica para sexta

    ver detalhes
  • Jô recordou caso em que foi vítima de ofensa racista com Love na Rússia

    Jô lamenta injúria racial no Nilton Santos e lembra episódio na Rússia

    ver detalhes
  • Reforço do Barcelona, Paulinho foi apresentado à torcida e à imprensa nesta quinta-feira

    Apresentado no Barcelona, corinthiano Paulinho diz não temer pressão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes