Tite diz se considerar culpado por fase instável do Corinthians em 2016

Tite diz se considerar culpado por fase instável do Corinthians em 2016

Por Meu Timão

3.7 mil visualizações 64 comentários Comunicar erro

No comando da Seleção, Tite admite se sentir culpado por fase do Timão

No comando da Seleção, Tite admite se sentir culpado por fase do Timão

Foto: Divulgação/CBF

Ídolo no Corinthians e hoje no comando da Seleção Brasileira, o técnico Tite comentou a atual situação do time alvinegro dentro de campo na atual temporada. Afirmando se sentir responsável pela instabilidade do aproveitamento do Timão neste ano, o treinador comentou a desestruturação do planejamento da equipe durante o ano e disse ter sido egoísta ao deixar o clube.

"Me sinto responsável pela instabilidade do Corinthians nesse ano, teve todo um planejamento de trabalho para remontarmos, na medida que foi desestruturado, a equipe estava dando resposta e brilhando o olho de novo, eu fui um pouco egoísta (ao ir para a seleção)”, comentou Tite durante um bate-papo ao vivo no Facebook do jornal Estado de São Paulo.

Antes de chegar ao comando da Seleção, o treinador chegou a levar o Corinthians às semifinais do Campeonato Paulista deste ano. Após sete jogos pelo Timão na atual temporada, Tite seguiu rumo a equipe nacional à convite da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Desde então, o time alvinegro teve Fábio Carille como técnico interino por duas vezes, Cristóvão Borges e atualmente tem Oswaldo de Oliveira ocupando a função no clube.

Definido por grande parte da Fiel como o técnico mais importante da história do Corinthians, Tite não deixa de comentar os acontecimentos do clube mesmo longe do comando da equipe. Recentemente, o treinador chegou a dar sua opinião sobre a indicação do corinthiano Marlone ao Prêmio Puskás, concedido pela Fifa, mesmo afirmando que o candidato alvinegro não é o seu favorito na premiação.

Além disso, ao relembrar sua história no Timão durante o programa Donos da Bola, da emissora Bandeirantes, o treinador não conteve sua emoção. Ao ver trechos de suas despedidas do Corinthians – em 2013, no Pacaembu, e em 2016, na Arena em Itaquera –, Tite foi flagrado com os olhos marejados pelas câmeras.

Veja mais em: Tite.

Veja Mais:

  • Antonio Roque Citadini quase não concorreu na eleição de fevereiro

    Citadini lamenta sobre eleição no Corinthians: 'Essa campanha sangrenta me tirou as chances'

    ver detalhes
  • Jean (ao centro) deve sair; lateral Romão também não convenceu comissão técnica

    Entenda por que diretoria do Corinthians ainda não se desfez de jogadores 'encostados' do elenco

    ver detalhes
  • Matheus Matias (à esq.) foi assunto na entrevista coletiva do diretor adjunto Duílio Monteiro

    Corinthians confirma porcentagem adquirida de Matheus e alerta: 'Tendência é ir devagar'

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes