Fagner comemora ano individual, relembra hexa e diz se fica no Corinthians

3.6 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Fagner ganhou placa do Corinthians em agosto pela marca de 150 jogos

Fagner ganhou placa do Corinthians em agosto pela marca de 150 jogos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

2016 não deixará saudades no torcedor do Corinthians. O lateral Fagner, por outro lado, tem motivos de sobra para comemorar. Nome constante nas convocações do técnico Tite para a Seleção Brasileira, o camisa 23 do Timão disse estar contente com seu desempenho individual na temporada, mesmo com as oscilações da equipe que erguia o hexacampeonato brasileiro há cerca de um ano e agora luta para terminar a Série entre as seis primeiras colocações.

“Individualmente foi um ano de muita coisa boa, assim, tive a oportunidade de ir para Seleção. Só espero que ano que vem seja bom assim também. Tenho certeza que as coisas tendem a melhorar aqui no clube também. Muitos jogadores saíram, muitos chegaram, teve essa reformulação e é natural uma equipe que está se remontando ter essa oscilação que tivemos durante a competição, mas tenho certeza que ano que vem, chegando alguns jogadores para incrementar o nosso elenco, poderemos crescer bastante”, afirmou Fagner em entrevista ao Goal Brasil.

Em 2015, o ala-direito de 27 anos teve papel fundamental no título nacional. Questionado sobre qual conquista da carreira ele considera mais especial, foi incisivo. “Ser campeão é sempre bom, mas sem dúvidas poder voltar a jogar no Corinthians depois de muito tempo e conseguir ser campeão brasileiro marcando meu nome na história do clube, definitivamente, é uma coisa impagável. Literalmente isso ficará marcado pra sempre na minha vida e na minha carreira. Espero que tenham outros títulos mais pra frente”, projetou o lateral.

Revelado nas categorias de base do Corinthians em 2006, Fagner recebeu poucas oportunidades no time profissional e acabou vendido ao PSV Eindhoven, da Holanda, pouco tempo depois de ser promovido. Antes de retornar ao Parque São Jorge, em 2014, defendeu o Vasco da Gama e o Wolfsburg, da Alemanha.

Sondado por clubes europeus recentemente, inclusive o Barcelona, o lateral não pensa em deixar o Brasil no momento. “Estou tranquilo. Tenho mais dois anos de contrato, então é aquilo que eu sempre falo. Só se for uma coisa muito extraordinária tanto para o Fagner quanto para o clube, mas hoje estou tranquilo e só quero aproveitar as minhas férias (risos)”, disse o atleta, que falou da identificação com o clube e a Fiel.

“O nível é muito alto. Já são mais de 11 anos de clube, desde pequeno, então a identificação e o carinho são muito grandes pelo clube que me ensinou a ser profissional e um homem. Para o torcedor o que eu posso dizer é que toda vez que entro em campo e visto a camisa do clube, procuro dar o meu melhor não só por mim, mas pela minha família e pelo clube em si que vive e precisa de todo mundo, não só do atleta, mas também do torcedor junto”, finalizou.

Veja mais em: Fagner.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes
  • O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    [Mayara Munhoz] O Corinthians precisa voltar a ser um time respeitado dentro de campo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: