Sem saber se fica no Vitória, Marinho revela desejo de jogar no Corinthians

Sem saber se fica no Vitória, Marinho revela desejo de jogar no Corinthians

Por Meu Timão

326 mil visualizações 165 comentários Comunicar erro

Contratação de Marinho é desejada por torcedores corinthianos há algumas semanas

Contratação de Marinho é desejada por torcedores corinthianos há algumas semanas

Foto: Divulgação

O atacante Marinho, dono de doze gols ao longo do Campeonato Brasileiro, não deve permanecer no Vitória para a próxima temporada. Mesmo vinculado à equipe baiana até o fim de 2018, o jogador tem recebido sondagens e já fala em tom de despedida. E no que depender dele, seu próximo destino pode ser o Corinthians.

Aos 26 anos, atleta alagoano tem o sonho de vestir a camisa da Seleção Brasileira, hoje comandada pelo técnico Tite, ex-Timão. Por isso, deixar o Vitória por um clube de maior expressão no cenário nacional é uma possibilidade considerada por Marinho. Para ele, aliás, todos os jogadores têm o desejo de atuar pelo clube do Parque São Jorge e pelo Flamengo, donos das maiores torcidas do Brasil.

“Tem de ser bom para mim e para o Vitória. Quem não quer jogar no Flamengo ou Corinthians, nos grandes? Tenho de pensar no meu crescimento, sonho com a Seleção. Não posso me prender ao passado, tenho de olhar para frente. E, se meu futuro for continuar no Vitória, será ótimo também”, afirmou Marinho em fala reproduzida pelo jornal O Globo.

Marinho acertou por empréstimo com o Vitória no início do ano e teve metade de seus direitos econômicos comprada pelos baianos em junho, assinando contrato até dezembro de 2018. O Cruzeiro, clube onde o atacante atuou em 2015, detém outros 30% de direitos sobre o jogador.

O nome de Marinho, que marcou 21 gols em 43 jogos no ano, é citado por torcedores do Corinthians no fórum do Meu Timão há algumas semanas. Além de goleador, ele é o principal driblador e quem mais faltas sofreu durante o Brasileirão, mesmo atuando apenas em 27 rodadas.

“Tive oportunidade no Vitória, algo que não aconteceu em outros clubes, grandes ou não. Não rolou no Internacional nem no Cruzeiro, por exemplo. No Vitória, consegui aparecer mais, e olha que se trata de um time do Nordeste e não do Rio ou de São Paulo. Essa exposição toda me surpreendeu. Se estivesse num dos grandes clubes dessas cidades, teria muito mais exposição. Este foi o meu melhor ano”, finalizou.

Veja mais em: Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes