Na final do Mundial, time japonês tenta repetir feito do Corinthians

3.9 mil visualizações 28 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Timão bateu Vasco na decisão do Mundial de 2000

Timão bateu Vasco na decisão do Mundial de 2000

Reprodução/Site oficial do Corinthians

Bicampeão mundial (2000 e 2012), o Corinthians pode perder o posto de único time a disputar e vencer o torneio organizado pela Fifa sem necessariamente ter conquistado uma competição classificatória. Após despachar o Atlético Nacional (COL), o Kashima Antlers volta a campo na manhã deste domingo, diante do Real Madrid, a partir das 8h30 (de Brasília), no estádio internacional de Yokohama.

O Kashima garantiu o direito de participar do Mundial de 2016 pela vaga de país-sede, assim como o Timão em 2000. A equipe japonesa não ergueu a taça da última edição da Liga dos Campeões da Ásia, mas sim foi convidada para o campeonato por ser a atual campeã nacional.

“Não quero ser lembrado por simplesmente poder dizer que jogamos a final. Quero que o Kashima fique para a história por seu desempenho nesse torneio”, falou o meia Shoma Doi ao site oficial da Fifa.

Chama atenção o fato de uma equipe representante do país-sede chegar à decisão. Tal feito não é comum no Mundial de Clubes. Apenas o Corinthians, em 2000, e o marroquino Raja Casablanca, há três anos, haviam conseguido tal marca antes do Kashima.

Em 2000, o Corinthians foi chamado pela Fifa para o Mundial por ser o campeão brasileiro de 1999. A equipe dirigida pelo técnico Oswaldo de Oliveira comemorou o título histórico sobre o Vasco da Gama, que havia entrado no torneio por ter vencido a Libertadores de 1998.

Veja mais em: Títulos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: