Campeonato Brasileiro 1999

Titulos conquistados pelo Corinthians - Campeonato Brasileiro 1999
Elenco campeão do Brasileirão 1999

 Em 99, o Corinthians tinha novamente o Corinthians era um time de qualidade de bola, pronto a repetir o feito do ano anterior. Além da base campeã do Brasileiro de 1998, o clube havia feito ótimas contratações: para a defesa o goleiro Dida e os jogadores Nenê, João Carlos, César Prates e Marcos Senna, para o ataque o meia Luiz Mário e o atacante Luizão.

Na primeira fase, um ótimo aproveitamento: 14 vitórias, 2 empates e 5 derrotas. Na segunda fase, mata-mata, o Corinthians passa com facilidade pelo primeiro adversário, o Guarani.

As semi-finais não foram tão fáceis. Contra o São Paulo, talvez o jogo mais tenso que a própria final: um jogo equilibrado, com tentos para ambos os lados e um goleiro que entrou para a história e fez a diferença.

O jogo estava 3x2 para o Corinthians (gols de Ricardinho, Edílson e Marcelinho para o Timão, e gols de Raí e Edmílson do lado são paulino). Mas o árbitro Edílson Pereira de Carvalho (sim, aquele mesmo da máfia do apito), marcou 2 pênaltis para o São Paulo – que forma defendidos por Dida.

Assim, o goleiro se consagra como um dos heróis desse título. No segundo jogo, o Corinthians vence por 2x0.

Nas finais, contra o Atlético-MG , o coração do torcedor corinthiano é colocado à prova mais uma vez: Guilherme, o atacante atleticano abre o placar aos 15 segundos de jogo (marcando o jogo mais rápido na história das decisões). Jogando fora de casa, e nervoso pelo placar negativo, o Corinthians não encontra seu bom futebol e sofre o segundo gol. Aos 39 minutos do primeiro tempo, Vampeta diminui. Mas o ataque atleticano estava embalado, e Guilherme marca o terceiro gol. No segundo tempo, Luizão faz mais um, mas o jogo se encerra com a vantagem para o time mineiro.

No segundo jogo, em casa, o Corinthians consegue reverter a desvantagem: faz 2x0 com gols de Luizão. O jogo decisivo, no entanto, após 90 minutos de pressão e sofrimento, o time corinthiano segura o empate. E assim, o Corinthians conquista o tricampeonato, e o bi consecutivo, colocando mais uma estrela no uniforme.

Comentários

  • 1000 caracteres restantes