Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017

Titulos conquistados pelo Corinthians - Copa São Paulo de Futebol Júnior 2017
Elenco do Sub-20 levantando a taça do décimo título da Copinha

O torneio de juniores mais tradicional do Brasil foi vencido, mais uma vez, pelo Corinthians. O clube já era o maior campeão da Copinha e acrescentou o décimo título a sua galeria.

A FASE DE GRUPOS 

Cabeça de chave do grupo 17, o Timãozinho tinha como adversários Taubaté, Pinheiro-MA e Operário-MS. 

No jogo de estreia os garotos já mostraram ao que vieram, foi uma goleada por 6 a 0 sobre o Pinheiro, uma verdadeira chuva de gols que empolgava a Fiel.  A segunda partida também foi com goleada, 4 a 0 em cima do Operário, e classificação antecipada. O confronto que fechava a fase de grupos foi mais equilibrado. Talvez até por já estar classificado, o Timãozinho entrou aéreo e fez o pior jogo do torneio ao bater o Taubaté por 3 a 2 o Taubaté. 

SEGUNDA FASE 

Na primeira disputa de mata-mata, os garotos tinham pela frente o Manthiqueira. Nesse jogo, o time só fez ratificar seu poderio ofensivo goleando o adversário por 5 a 1. Nessa fase, nomes como Pedrinho, Carlinhos, Renan Areias, Mantuan, Del'Amore e cia. já conquistavam a Fiel como grandes promessas. 

TERCEIRA FASE 

O Timãozinho encararia o Coritiba pela terceira fase da Copinha, considerado até ali, o adversário mais forte. O jogo foi difícil, como já era esperado, e o Corinthians saiu atrás pelas primeira vez na competição, mas, os garotos mostraram frieza e viraram a partida para 2 a 1, garantindo a vaga na próxima fase eliminatória. 

Nessa etapa, o Corinthians entrou com vantagem por conta do regulamento e estava classificado mesmo se empatasse o jogo. Já que o time eliminado de melhor campanha avançaria de fase para compor os 16 clubes das oitavas. 

OITAVAS DE FINAL

A competição estava se afunilando e os oponentes se tornando cada vez mais fortes. Quem enfrentaria nossos garotos seria o Internacional, time de ótima campanha, muito semelhantes do clube do Parque São Jorge. 

Mas, quem esperava um jogo muito complicado se enganou, o Corinthians sobrou no primeiro tempo e garantiu o resultado já na etapa inicial. Foram três gols avassaladores que mandaram o clube do DVDzinho mais cedo para a casa pelo placar de 3 a 1. 

QUARTAS DE FINAL

Após mantar o Internacional para casa, agora era hora do grande desafio do Timãozinho na competição. Em uma final antecipada, os garotos encarariam o Flamengo, time que foi campeão na Copinha de 2016 justamente em cima do Corinthians. Era a oportunidade se vingar e reafirmar sua hegemonia no torneio da garotada. 

A partida foi complicada e, pela segunda vez no campeonato, o Corinthians se viu em desvantagem no placar. Mas, não teve pra ninguém, nossas joias viraram o jogo e avançaram de fase com o placar marcando 2 a 1. Lavando a alma da Fiel e do técnico Osmar Loss. 

SEMIFINAL 

O oponente da vez era a Juventus. O Timão teve mais posse de bola durante o tempo todo, mas encontrou dificuldade em furar a retranca do adversário, porém conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo e sacramentar a vitória e a classificação no segundo, quando se aproveitou das investidas adversárias para matar o jogo no contra-ataque. 

Classificado pela quarta final consecutiva, a Fiel explodiu com a possibilidade de vir Lá décima. 

FINAL

Por conta da desclassificação do Paulista de Jundiaí, que teve problemas com a documentação de um de seus jogadores, o time que enfrentaria o Corinthians era o Batatais.

Adversário que foi osso duro de roer, entrou na retranca e fazendo cera, o que fez com que o Corinthians passassem em branco na primeira etapa, pois apesar de ter criado chances não abriu o placar.

O segundo tempo foi mais dominado pelo time do Parque São Jorge, mas, tudo levava a crer que a taça seria decidida nos pênaltis, quando, no finalzinho do jogo Carlinhos e Marquinhos marcaram os dois gols que dariam o décimo título da Copinha para o Timão

FESTA NA FAVELA

A reação da torcida foi, como sempre, maravilhosa. A Fiel comemorou o título como uma Mundial de Clubes e, mais ainda, a revelação de grandes promessas da base. Como Carlinhos, que marcou 11 gols na competição e foi o artilheiro. 

"É um trabalho onde só tenho agradecer. É inesquecível. Emoção inexplicável. Deslanchei na artilharia, o que era o melhor. Foi a melhor campanha. Não perdemos e nem empatamos. Muito trabalho e muita dedicação. Hoje você estão venod o que é o Corinthians e a categoria sub-20", contou o jogador. 

Com 30 gols, sem perder e nem empatar, invicto, o Timãozinho conquistou sua décima taça da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o maior e mais importante torneio das categorias de base do Brasil. Lá décima, como ficou apelidada pela fiel, foi a reafirmação da tradição e hegemonia corinthiana na competição. 

Comentários