Corinthians perde sexto profissional para a Seleção Brasileira

Corinthians perde sexto profissional para a Seleção Brasileira

Por Meu Timão

Fernando Lázaro (esq.) e Fábio Carille durante treino do Corinthians

Fernando Lázaro (esq.) e Fábio Carille durante treino do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois de perder Tite e grande parte do estafe do treinador em junho, o Corinthians voltou a ser desfalcado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Fernando Lázaro, que coordenou o Centro de Inteligência do Futebol (Cifut) do Timão antes de ser promovido a auxiliar técnico do clube, se despediu dos agora ex-companheiros nesta terça-feira. A informação é do UOL Esporte.

Filho do ex-lateral-direito Zé Maria, ídolo do Corinthians, Lázaro chegou a prestar serviços à Seleção paralelamente ao time do Parque São Jorge a pedido de Tite. Desta vez, porém, ele substituirá Mauricio Durac, que deixou a comissão técnica do Brasil em dezembro para trabalhar como auxiliar e coordenador do Centro de Análise de Desempenho (CAD) do Internacional.

Além de Fernando, a CBF tirou outros cinco profissionais do Timão desde a demissão de Dunga, há quase sete meses: o gerente de futebol Edu Gaspar, os auxiliares Cleber Xavier e Matheus Bachi, o preparador físico Fábio Mahseredjian e o próprio técnico Tite.

Em tempo: outros especialistas com passagem pelo clube alvinegro compõem a atual delegação da Seleção. Reconhecido pelo trabalho de prevenção de lesões, o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, que deixou o Timão no fim de 2015 rumo ao Shandong Luneng, da China, trabalha com Tite. O auxiliar técnico da Inter de Milão Sylvinho, nome ventilado no Corinthians após as demissões de Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira, também faz parte quadro de funcionários da CBF.

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Pedro Henrique foi uma das baixas do Corinthians no treino desta sexta

    Com dois desfalques, Corinthians se reapresenta já de olho em duelo contra Grêmio

    ver detalhes
  • Jô pode não viajar até a cidade de Tunja, na Colômbia

    Corinthians deve poupar jogadores e pode ter vários jovens da base na Colômbia

    ver detalhes
  • Guilherme Torres jogará mais quatro anos no Deportivo La Coruña

    Recopa, invasão da Fiel no Japão, Carille, La Coruña... Guilherme Torres fala ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo foi tranquilizado mais uma vez pela diretoria do Corinthians, que segue confiante

    Sem pressa e confiante: diretoria do Corinthians nem cogita possibilidade de perder Pablo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes