Cocito lembra passagem pelo Corinthians e menciona sonho realizado

Cocito lembra passagem pelo Corinthians e menciona sonho realizado

Por Meu Timão

7.3 mil visualizações 55 comentários Comunicar erro

Volante defendeu o Corinthians em 2003

Volante defendeu o Corinthians em 2003

Reprodução/YouTube

Contratado no ano de 2003, Thiago Marcelo Silveira Cocito, o Cocito, apesar de ter jogado pelo Corinthians somente por uma temporada, guarda boas recordações do Parque São Jorge. Volante de ofício, o ex-jogador recordou a trajetória pelo Timão e destacou a realização de um sonho, tendo em vista que sua família é corinthiana.

“Desde criança quando quis ser jogador de futebol o meu sonho foi jogar no Corinthians, até pela família corinthiana, pela torcida. Felizmente pude realizar esse sonho. Foi uma felicidade imensa lá em casa na época”, falou Cocito, em entrevista ao torcedores.com.

Tamanha expectativa de seus familiares em vê-lo vestindo o manto alvinegro gerou forte mobilização em ambos. Após o acerto com o Corinthians, Cocito se lembrou da estreia pelo clube, onde dois membros de sua família compareceram ao estádio do Pacaembu.

“Família toda corinthiana e meu pai foi o que mais ficou feliz. Tão feliz que na minha estreia ele não foi. Disse que não ia aguentar. Quem foi acabou sendo o meu irmão e meu cunhado na estreia, no Pacaembu, contra o Flamengo. Eles levaram uma carta que eu guardo na minha bíblia até hoje", acrescentou.

Ainda a respeito do episódio, o volante citou uma atitude marcante de seu pai, o que demonstra a paixão corinthiana de geração para geração. "Nela tinha o desejo de felicidades do meu pai e o sentimento dele em ver este sonho realizando, inclusive em uma das passagens da carta ele dizia que meu avô que era corinthiano devia estar no túmulo se revirando pra estar junto com a família corinthiana na ansiedade em ver a minha estreia. Aquela carta me emociona até hoje e me traz boas recordações do campo e do Corinthians”, complementou.

Cocito chegou ao Corinthians em enorme evidência depois de trajetória de destaque no Atlético-PR. Pela equipe de Curitiba, o volante atuou por seis temporadas, vencendo o estadual em três oportunidades (2000, 2001 e 2002) e conquistando o Campeonato Brasileiro em 2001. Apesar da boa fase, Cocito reconhece que a passagem no Timão foi cercada de dificuldades.

“Responsabilidade grande chegar pra substituir o Vampeta. Um cara ídolo da torcida, campeão mundial com a Seleção Brasileira, e eu sabia da responsabilidade. Foi uma experiência marcante. As lesões atrapalharam, mas dei meu melhor nesse período”, finalizou.

Atualmente com 39 anos, o ex-jogador agora trabalha como empresário no ramo de construção civil. Além disso, também administra uma quadra de futebol society, na cidade de Curitiba.

Veja Mais:

  • Richard deve ser emprestado ao Vasco até o fim desta temporada

    Liberado pelo Timão, Richard já está no Rio de Janeiro e deve ser anunciado pelo Vasco nesta quinta

    ver detalhes
  • No final do seu contrato no Atlético de Madrid, Juanfran teve seu nome ligado ao Corinthians

    Corinthians tem nome ligado a lateral do Atlético de Madrid; diretoria nega

    ver detalhes
  • Matheus Jesus ainda não estreou pelo Corinthians

    Dupla recém-contratada pelo Corinthians já está adaptada? Preparador explica ao Meu Timão

    ver detalhes
  • Arena Corinthians será palco de três jogos da Copa América

    Arena Corinthians já está com a identidade visual da Copa América; veja fotos

    ver detalhes

Comente a notícia: