Adauto volta a falar sobre caso Pottker e banca Carille

10 mil visualizações 132 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Adauto frisou distância entre Corinthians e Ponte em negociação por Pottker e defendeu Carille

Adauto frisou distância entre Corinthians e Ponte em negociação por Pottker e defendeu Carille

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Diretor de futebol do Corinthians desde outubro de 2016, Flávio Adauto já enfrenta resistência de parte da torcida do clube. Muito em razão de suas declarações recentes, é verdade. Depois de classificar a negociação do Timão com o centroavante marfinense Didier Drogba, conduzida pelo departamento de marketing, como “amadora”, o braço direito do presidente Roberto de Andrade teve de se explicar a respeito do “caso Pottker”.

Segundo Adauto, o Corinthians jamais entrou em contato com a Ponte Preta pelo artilheiro do último Campeonato Brasileiro. Detalhe: o jogador pertence à equipe campineira e só poderia se transferir ao Parque São Jorge com aval da mesma. Para o nome forte da cúpula alvinegra, porém, não há nada de errado com tal situação.

Mais do que isso, negociar apenas com representantes do atleta – Fernando Garcia, no caso, ex-conselheiro do clube – passou a ser normal no futebol atual. “Hoje em dia é diferente. Você não fala com jogador ou com clube, só fala com agente”, resumiu, ao canal Band Sports, Flávio Adauto, que voltou a explicar a razão da desistência em trazer Pottker.

“Nosso departamento vetou (a contratação). Nós deixamos claro que se ele atuasse (na Copa do Brasil), o Corinthians já não teria interesse. Ele jogou o Paulista, e com isso estávamos de acordo. Então veio a Copa do Brasil. Ficamos até o ultimo momento conversando com representante do jogador, não conversamos com a Ponte em assunto algum”, disse.

O Corinthians chegou a fechar negócio com Fernando Garcia pelo atacante da Ponte Preta. Ao tomar conhecimento da escalação do atleta na Copa do Brasil, na última quarta-feira, anunciou o fim das conversas. Pottker, por sua vez, evitou estar decepcionado com a situação e até ganhou um aumento considerável de salário.

Entre outros assuntos, Adauto saiu em defesa do técnico Fábio Carille, que sofreu sua primeira derrota à frente do Corinthians na noite de sábado, para o Santo André, pelo placar de 2 a 0. “Ele tem conhecimentos técnicos, táticos, trabalhou com grandes treinadores e está mostrando no dia a dia que tem o comando da situação, respeito dos jogadores e confiança da diretoria”, opinou.

Veja mais em: Flávio Adauto, Mercado da bola e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes
  • Nem Corinthians nem Cruzeiro no futuro de Manoel

    [Marco Bello] Nem Corinthians nem Cruzeiro no futuro de Manoel

    ver detalhes
  • Carille deve retomar os trabalhos no gramado na quarta-feira

    Carille realiza procedimento no joelho e só deve voltar aos treinos do Corinthians na quarta

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: