Carille analisa quarteto da Seleção Sub-20 e diz quem está mais pronto para jogar pelo Corinthians

Carille analisa quarteto da Seleção Sub-20 e diz quem está mais pronto para jogar pelo Corinthians

Por Meu Timão

4.8 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Carille não poupou elogios aos garotos revelados na base

Carille não poupou elogios aos garotos revelados na base

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Cumprindo a promessa em dar maior atenção à base do Corinthians, Fábio Carille vem colocando em prática tal ideia e demonstrando confiança nas joias alvinegras. Em relação ao quarteto corinthiano que representou o Brasil no Sul-Americano Sub-20 no início deste ano (Léo Santos, Guilherme Arana, Maycon e Léo Jabá), o comandante não poupou elogios.

"Pela resposta que eles já deram dentro de campo, o que eu menos conheço é o Léo Jabá, o que menos trabalhou com a gente. Léo Santos já jogou com a gente ano passado e foi bem contra o Figueirense. Agora na Seleção ele foi muito bem, conversei com o (Rogério) Micale, com o Eduardo Barroca e recebi esse feedback. Maycon já jogou e deu resposta boa, Marciel de uma geração anterior também", apontou Carille, em entrevista ao Lance!.

Em meio à fama de revelar grandes jogadores no Parque São Jorge, somada aos pedidos da Fiel após a conquista da Copinha, Carille busca sempre se atualizar sobre as virtudes dos garotos. No último final de semana o treinador concedeu oportunidade ao atacante Léo Jabá, que iniciou pela primeira vez uma partida como titular na categoria profissional.

"Agora é o Léo Jabá, que precisa ser mais efetivo, aproveitar melhor as oportunidades. Ele tem velocidade, tem força, tem o físico, agora é trabalhar para melhorar a finalização", apontou Carille, ciente do potencial do jogador de 18 anos.

Tão importante quanto a adaptação e amadurecimento dentro de campo, é a disciplina tática dos garotos, na visão de Carille. Muito preocupado em dar atenção especial às promessas alvinegras, o treinador usou a versatilidade do volante Marciel como exemplo.

"O mais importante de tudo é eu sempre mostrar a ideia a todos. Mesmo o Mantuan, que é um cara de meio de campo, sabe o que o lateral do Corinthians precisa fazer. Mesmo o Marciel sendo volante, da mesma forma. Essa é minha ideia de dar oportunidades iguais a todos nos trabalhos, de todos verem o que queremos de distribuição tática, posicionamento sem a bola, posicionamento com a bola. Isso facilita no dia a dia", encerrou Carille.

Vale lembrar que, além dos quatro já mencionados que serviram à Seleção Brasileira, o elenco corinthiano também conta com outros jovens. Embora sejam de gerações diferentes, marcam presença em grande parte do elenco de Carille, o que evidencia o planejamento pela atenção especial à base.

São eles: o goleiro Caique França (21 anos), o zagueiro Pedro Henrique (21 anos), o lateral-direito Léo Príncipe (20 anos), os volantes Marciel (21 anos), Warian (20 anos), Mantuan (19 anos), os meias Rodrigo Figueiredo (20 anos), Pedrinho (18 anos), além do atacante Carlinhos (20 anos) - artilheiro da Copinha e principal destaque da campanha, mas que se recupera após cirurgia.

Veja mais em: Base do Corinthians, Léo Santos, Maycon, Léo Jabá e Guilherme Arana.

Veja Mais:

  • Corinthians jogou bem, mas não conseguiu sair vitorioso neste domingo

    Corinthians sofre gol impedido, reage no segundo tempo e fica no empate com o Internacional

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes
  • Danilo Avelar foi eleito o pior corinthiano em campo pela Fiel

    Novidade de Jair Ventura é enaltecida pela Fiel; lateral rouba cena e é eleito pior em campo

    ver detalhes
  • Mateus Vital fez bom jogo diante do Internacional neste domingo

    Análise: Corinthians reage após gol impedido e consegue empate contra o Internacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes